Leclerc e Sainz fazem bom trabalho pelo time italiano. Foto: Scuderia Ferrari

Leclerc e Sainz fazem bom trabalho pelo time italiano. Foto: Scuderia Ferrari

Em época de orçamento restrito pelo teto orçamentário imposto pela FIA, é ainda mais imperioso olhar para a tabela de Construtores da Fórmula 1.

Aquilo que cada uma das equipes embolsa ao término do ano depende do número de pontos que marca na temporada.

Brigando pelo topo, hoje, estão Red Bull e Mercedes, isso após o time alemão ter vencido os sete últimos campeonatos.

O caneco de Construtores ficará entre um deles.

A disputa pelo terceiro lugar também está hoje entre duas equipes: McLaren (163) e Ferrari (148).

Passados dez GPs, restando mais 13, caso algum outro entre no lugar da Austrália, que foi cancelado, entendo que a Ferrari tem ótimas chances de logo encostar na McLaren e se estabelecer como terceira força.

A McLaren melhorou muito com seu novo propulsor (Mercedes), e o carro, de forma geral, parece ter um ritmo bem mais consistente em corridas.

Mas a Ferrari, pelo que se viu nas últimas corridas, demonstra estar trabalhando ainda com mais afinco, prova disso foi a performance de Leclerc, "batendo na trave" para vencer o GP da Grâ-Bretanha com o monegasco, que se satisfez com um ótimo segundo lugar.

O problema da McLaren é que há um desequilíbrio enorme entre seus pilotos. 

Lando Norris, terceiro no campeonato, soma 113 pontos, cinco à fente de Bottas, enquanto seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo tem apenas 50, em oitavo lugar...

Na Ferrari há mais proximidade em sua dupla. Leclerc está em sétimo na tabela, com 80 pontos, e Carlos Sainz, em oitavo, soma 68.

Nessa toada, logo devem superar o duo do time de Woking, a não ser que Ricciardo melhore muito ou Norris faça ainda mais do que vem fazendo.

Difícil.

A torcida ferrarista sentiu gostinho de vitória na última corrida, e Mattia Binotto, chefe do time italiano, deve estar esfregando as mãos, sentindo o cheiro do dinheiro que deve entrar nos cofres de Maranello, muito bem-vindo, diga-se...

******************************

COLUNAS ANTERIORES (CLIQUE E ACESSE)

A exemplo da F1, futebol também poderia ter jogos mais curtos

Ou Ricciardo está em péssima fase ou Norris é um fenômeno

Carros bem e mal nascidos

433, Barão de Drumond

Cavalo arreado, mês das noivas, Mônaco e Indianápolis

O livro do Flavio Gomes

Dando a partida no carro dos sonhos

O 1º de abril, Lauda e o meu doce Colegial

Aston Marin, Somente Para Seus Olhos

Pré-temporada da Fórmula 1 será de verdades verdadeiras

Molho condimentado na F1 em 2021

Vettel e sua paixão bem resolvida

É possível dizer não à Ferrari?

Gelada com pitada de doçura

Vettel e os bombons

A menina Mercedes

Interlagos a pé, de carro e uma música do Gilberto Gil

O menino que chora

Piloto caranguejo

Um piloto fictício, um autódromo e muitos carros eternizados na música brasileira

Calma Mick Schumacher, a viagem é longa e sua hora vai chegar

O capacete e a salvadora blusa lilás

Nosso campo de futebol no Saint Moritz, em Mairiporã. Ou uma pista de rali? E o Pequeninos do Jockey

No `vestibulinho´de fachada da Ferrari, Mick Schumacher tem o `gabarito´da prova...

Quando ganhar sempre não é bom

A Ferrari, o vinho e o verde

Ferrari deveria se espelhar na fábrica de Willy Wonka

Beleza da Fórmula 1 também está na desigualdade

Mercedes tem seu Calcanhar de Aquiles

Velozes, mas com ternura. Um contraponto à astronáutica

O homem e a máquina

A grande chance para Verstappen ser campeão na F1

Pé frio, eu?

O cadeado de 1994 em Interlagos

Minuano, o carro de Porto Alegre

Fórmula 1/3 merece textos na minha Lettera 22

Monsieur Binoto

Ferrari reencontra cartilha do Comendador

Neblina na Serra

Revista Recreio, meu Copersucar de papel e o Ricardo Divila

Jacarepaguá, calor infernal e uma camisa preta

O próximo abraço

Quase toda F1 `deu de ombros´ao apartheid em 1985 

Corrida na areia

Verdades e mentiras

Safras e safras de sonhos

Ao sabor do vento

Criatividade em baixa?

E o Oscar da F1 vai para...

Deu pra ti, Alonso? 

Maranello em polvorosa?

Verstappen, Red Bull e o `tudo ou nada´

Vettel e as redes sociais

Com qual heterônimo Max Verstappen será campeão de F1? 

O cheiro da Fórmula 1

Ferrari, Hamilton e o beijo de Klimt

O Quixote Brambilla e seus carros Rocinantes

A música que Raikkonen sempre cantou para a F1

Bernie, pilotos e equipes. Os bastidores de Interlagos

Acampamento, sala de imprensa e viagem à Lua

Novo carro da F1 dará um `salto´de 22 anos. Para trás...


     

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa