Novo carro será apresentado em um teatro italiano. Foto: Scuderia Ferrari/Divulgação

Novo carro será apresentado em um teatro italiano. Foto: Scuderia Ferrari/Divulgação

Tudo o que acontece com (e na) Ferrari é superlativo.

Ganha tintas brilhantes, matizes que principiam no alvorecer do carmim e jazem no poente do branco.

O time de Maranello é o Corinthians da Fórmula 1.

Um pingo vira tempestade.

Na equipe italiana, a notícia sempre segue aquela máxima do jornalismo, de que vale destaque se for o homem a morder o cachorro, não o contrário.

E, ainda que o novo carro nem tenha sido colocado na pista, já começaram as especulações...

Tudo por conta do que o bem informado jornalista italiano Leo Turrini divulgou, sobre as primeiras impressões acerca do teste pelo qual a 671 (esta é a sigla do carro para a temporada de 2020) passou no túnel de vento.

Segundo Turrini, que tem fontes cristalinas dentro do time rosso, os engenheiros ficaram decepcionados com os resultados.

Suspeita-se que erraram feio na aerodinâmica.

Há uma regra, quase lei pétrea na F1, de que carro que "nasce mal" não vai a lugar nenhum durante uma temporada.

Às vezes, até piora.

Não creio que tenha sido um alarme falso, uma tentativa de "despistar" a concorrência.

Mas, vindo à tona uma informação dessas, talvez seja útil para arrefecer o ânimo dos tiffosi.

Afinal, a Ferrari é a única equipe de Fórmula 1 que tem torcida de verdade.

Com um motor eficiente, talvez o mais potente da F1, os holofotes dos engenheiros escarlates voltam-se a dois setores que fizeram Vettel e Leclerc coadjuvantes no campeonato do ano passado: downforce e aerodinâmica.

Para o primeiro, um novo desenho da suspensão traseira foi providenciado, buscando dar mais aderência, o que certamente beneficiará Vettel, que não consegue se achar com um carro tão "traseiro" como foi o de 2019.

No segundo, a aerodinâmica, onde se supõe que os programas de computador possam ser quase perfeitos, caso sejam confirmadas as suspeitas inciais, chanceladas pelo jornalista Leo Turrini, parece que o caldo entornou...

Resta a pista, a prova dos nove, com a borracha queimando no asfato na pré-temporada, a partir de 19 de fevereiro, em Barcelona.

Ali, de fato, é o mundo real. 

O cronômetro dará a real dimensão sobre o novo carro da Ferrari, se será ou não capaz de enfrentar a Mercedes de Hamilton e a Red Bull de Verstappen.

A Fórmula 1 não é o mundo falso e narcisístico do Instagram...

É pão, pão, queijo, queijo.

Claro, veremos muita gente postando fotos do novo carro em seus chatérrimos stories, no dia de sua apresentação, 11 de fevereiro, no Teatro Municipal de Reggio Emilia.

No Instagram, talvez, a Ferrari seja uma vencedora...


   

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 

 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa