Sérgio Maurício

Narrador esportivo

por Marcos Júnior Micheletti

O carioca Sérgio Maurício Droge, ou simplesmente Sérgio Maurício, nasceu em 2 de fevereiro de 1963, e começou sua carreira no jornalismo em rádio, com passagens pelas seguintes emissoras: Carioca, Capital, Tamoio, Manchete, CBN e Nacional. 

Dono do consagrado bordão "No capricho", marcante principalmente nas tranmissões que faz no automobilismo, está desde 1992 na Rede Globo, trabalhando no SporTV, Premiere Futebol Clube e Combate.

Versátil,  o ótimo Sérgio Maurício também se destaca em narrações de vôlei, basquete e esportes olímpicos.

Um problema de saúde o impediu de trabalhar nos Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, mas compensou a decepção pelo brilhante trabalho quatro anos mais tarde, nos Jogos Olímpicos de Londres, quando narrou de forma emocionada a conquista da medalha de ouro pela judoca Sarah Menezes.

Em 20 de dezembro de 2013, ao lado de Reginaldo Leme, apresentou a festa de premiação da Stock Car, que consagrou os principais nomes da categoria, em evento realizado no Espaço Rosa Rosarum, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo.

Recebeu elogios de Milton Neves na Rádio Bandeirantes por conta de suas transmissões no Mundial de Vôlei na Polônia, em setembro de 2014.

"Ele foi o melhor `jogador´do Brasil de Bernardinho, narrando a final entre Brasil e Polônia", disse Milton.

Em 15 de abril de 2015 foi anunciado o resultado de uma enquente feita pelo site "Grande Prêmio", encabeçado por Flavio Gomes, cuja pergunta era: "Quem é o melhor narrador de esporte a motor no Brasil?"

Sérgio Maurício, com 18,4%, foi o vencedor, seguido por Guto Nejaim (13,5%) e Téo José (12,6%).

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES