Marquinhos Santos

Técnico de Futebol
por Tufano Silva

Assim como Carlos Alberto Parreira, René Simões e Ney Franco, Marquinhos Santos faz parte do pequeno grupo de treinadores de futebol que nunca chegaram a atuar profissionalmente como atletas. Em 16 de setembro de 2019, foi contratado pela Chapecoense, que naquela temporada lutava contra o rebaixamento para Série B. 

Carreira: Marcos Vinícius dos Santos Gonçalves nasceu em Santos-SP no dia 24 de maio de 1979. Foi contratado para treinar as categorias de base do Atlético-PR em 2003, após ter sido muito elogiado por seu trabalho em uma das escolinhas de futebol do próprio clube.

No Furacão, conquistou todos os títulos possíveis nas categorias infantil, juvenil e juniores. Em 2009, deixou o Atlético e assinou com o rival Coritiba, também para trabalhar com equipes de base.
 
Paralelamente ao seu trabalho no Coxa, Marquinhos dirigiu também as seleções brasileiras sub-15 e sub-17. Com a primeira, venceu a Copa do Mundo da categoria, em 2011.

Em setembro de 2012, o Coritiba, após demitir Marcelo Oliveira, decidiu dar uma chance ao jovem treinador em sua equipe principal. O primeiro título de Marquinhos dirigindo uma equipe profissional veio logo na temporada seguinte, quando o Alviverde faturou o Campeonato Paranaense, após bater na decisão o Atlético.

Em setembro de 2013, após até ter conseguido um bom início de Brasileirão, Marquinhos foi demitido do Coxa, depois da derrota da equipe em casa no primeiro jogo da fase oitavas-de-final da Sul-Americana, diante do Itagüi, da Colômbia.
 
No dia 13 de dezembro de 2013, foi contratado pelo Bahia e assinou contrato de um ano. Entretanto, no dia 26 de julho de 2014, após uma má campanha no Campeonato Brasileiro, Marquinhos foi demitido do Bahia.
 
O treinador foi recontratado pelo Coritiba no dia 24 de agosto de 2014, pouco menos de um ano após a sua demissão do Coxa.  No entanto, ele acabou sendo demitido do cargo de técnico do Coritiba no dia 8 de junho de 2015, sendo substituído por Ney Franco.
 
Após salvar o time do rebaixamento, chegou a ser anunciado como novo treinador do Vasco, no dia 11 de dezembro de 2014, mas um problema de saúde em sua família o impossibilitou de assumir o cargo. Em março de 2016, foi anunciado como novo técnico do Fortaleza.
 
Em setembro de 2016, trocou o Fortaleza, que disputava a Série C, pelo Figueirense, que buscava se salvar do rebaixamento na Série A. De julho de 2018 a fevereiro de 2019, Marquinhos treinou o São Bento, da cidade de Sorocaba-SP. 
 
Em 11 de março de 2019, Marquinhos foi anunciado como novo técnico do Juventude. 
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES