Ratinho

Ex-ponta-direita da Portuguesa e do São Paulo
Heitor Martinho de Souza, ponta-direita da Lusa de Oswaldo Teixeira Duarte e do São Paulo nos anos 70, nasceu em 03 de março de 1942 em Joinville e morreu aos 59 anos em um trágico acidente automobilístico, no dia 11 de fevereiro de 2001, no qual morreram também sua esposa e três netos. Deixou três filhos e mais dois netos.
 
Morava em Joinville (SC), onde era proprietário da loja Ratinho Sports, além de treinar e revelar garotos que levava para a Itália.
 
Ratinho, que nunca foi padre ou pastor "conforme andaram escrevendo aí em São Paulo", tinha apenas 1m63 de altura. Jogou no Fluminense de Joinville (1958 a 1962), Marcílio Dias (de 1962 a 1965), Portuguesa (de 1965 a 1972), São Paulo (de 1973/74) e no Joinville (de 1976 e 1978), onde encerrou a carreira. 

Dois anos antes de morrer, Ratinho trabalhava como coordenador e treinador de uma parceria envolvendo o Joinville e a Sociedade Esportiva Irineu.
ver mais notícias

Pelo São Paulo:

Atuou em 30 partidas (12 vitórias, 13 empates, 5 derrotas) e marcou três gols, de acordo com o Almanaque do São Paulo de Alexandre da Costa.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES