Rocco

Ex-massagista do Corinthians
por Marcelo Rozenberg
 
Existem nomes no futebol que se confundem com a história de determinados clubes. O massagista Rocco, por seus 30 anos de serviços prestados ao Corinthians, é um deles. Ele morreu em 16 de março de 2010, aos 79 anos. Seu corpo foi sepultado no Cemitério Chora Menino, em Santana, zona norte da capital paulista.
 
Roberto Sanches, que ficou conhecido por Rocco, dedidou-se ao Alvinegro e viveu um momento especial, em 1977, quando o time saiu da fila de 23 anos sem títulos.
 
Na decisão contra a Ponte Preta, em 1977, enquanto jogava éter nas canelas dos jogadores nos vestiários, fazia figa. Quando o jogo contra a Ponte Preta começou, ficou rezando atrás do banco de reservas do adversário.
 
Um ano antes, esteve em Porto Alegre na decisão do Campeonato Brasileiro entre Inter e Corinthians.
 
Ao chegar ao vestiário destinado ao Timão no Beira Rio, percebeu que um forte cheio inviabilizava a presença dos atletas no local. Sem alternativas, o grupo teve que se trocar lá mesmo. Perdeu em campo para o Colorado, que era a equipe mais forte do Brasil por 2 a 0.

 

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES