Roberto Diogo

Cronista esportivo campineiro
por Gustavo Grohmann
 
Roberto Martins Ponzo, o Roberto Diogo, o "Repórter que comanda o Jogo" (slogan criado pelo querido narrador Pereira Neto), nasceu em São Paulo, no tradicional bairro do Brás.

Filho de Diogo Ponzo Perez (ex-lateral do Corinthians, Comercial e Guarani FC) e de Dona Lourdes Martin Ponzo, vem de uma família de "sangue quente" com todos os avós oriundos da Espanha (Fernando, Ana, Antonio e Julia).
 
CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE DIOGO, PAI DE ROBERTO DIOGO, NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?".

Radicado em Campinas, no interior de São Paulo, desde 1960 (quando seu pai foi transferido do Corinthians para o Guarani), Roberto Diogo foi atleta de futebol antes de ingressar na carreira de cronista esportivo, em 1974.
 
Ele foi jogador juvenil nas equipes da Ponte Preta e Guarani, levado pelas mãos do saudoso técnico Zé Duarte. Mas a carreira de jogador foi interrompida devido a uma fratura dupla ocorrida em um choque com o goleiro Tonho (ex-Palmeiras) na partida entre Guarani e Nacional, em 1972, válida pelo Campeonato Juvenil da Federação Paulista de Futebol.
 
Dois anos depois, já "aposentado" do futebol, Roberto Diogo ingressou na Rádio Alvorada de Mogi Mirim comandando um programa musical. No ano seguinte, já na Rádio Brasil, começou na crônica esportiva como repórter da equipe de esportes comandada por Sergio José Salvucci.

Na sequência, foi convidado por Walter Luiz Abrucez para atuar na Rádio Educadora (Antiga PRC9) onde permaneceu por nove anos. Lá, após o título brasileiro do Guarani em 1978, Roberto Diogo teve a chance de viajar para fora do país a trabalho, designado para cobrir o Bugre nos jogos da Copa Libertadores da América.

Ainda militou na Rádio Cultura/CBN, Rádio Educadora e Rádio Brasil de Campinas como âncora e apresentador do "Lance-Final".

Em 2004 e 2005  ele atuou como comentarista na Radio Central sob o  comando de Alfredo Orlando. Vale ressaltar que o repórter/comentarista Roberto Diogo atuou nas quatro emissoras de maior tradição esportiva de Campinas (rádios Brasil, Educadora/Bandeirantes, Cultura/CBN e Central).

Em junho de 2012, assinou com a Estadão ESPN de Campinas, a rádio estúdio FM 90,7.
 
Casado com a professora de Educação Física Helena Maria Scolfaro (prima do ex-árbitro Oscar Scolfaro), Roberto Diogo tem três filhos (Francine, Leonardo e Leandro).

Com um currículo de 30 anos como cronista esportivo no rádio campineiro, Roberto Diogo pretende retornar nos próximos anos ás atividades radiofônicas atendendo pedidos de suas tias Iracema (corintiana roxa), Maria (palmeirense fanática) e Nena ( juventina, corintiana e palmeirense). 

Roberto Diogo retornou no último 04 de setembro 2013, como "ancora" nas jornadas esportiva com transmissões dos jogos da Ponte Preta e Guarani, na CBN-Campinas, ao lado dos comentaristas João Carlos de Freitas, Beto Quinalha, dos repórteres Jose Henrique Semedo, Henrique Brazão e  Rafael Pio. Sob coordenação de Marco Massiarelli e Marcelo Boni.

Fora do microfone

Além da atividade radiofônica, Roberto Diogo foi diretor da ACEC (Associação dos Cronistas Esportivos de Campinas) do início dos anos 1980 até 2004, diretor de assessoria de imprensa do Guarani FC (2006 e 2007 - auxiliando na reeleição do presidente Leonel Almeida Martins de Oliveira).

Abaixo uma singela homenagem às figuras que marcaram presença na carreira de Roberto Diogo no rádio campineira.

Repórteres
 
Wagner Ferreira, Renato Silva, Sergio Jorge, Renato Otranto, Sidnei Defendi, Renato Leal, Almeida Neto (Bolinha), Maércio Ramos, Roberto Marcondes, Washington Melo, Claudemir Castanheira, Gustavo Biano, Fernando Nunes, Edson Souza, Edson Campos, Luis Antonio Piva, Jose Roberto Ercolin, Mário Filho, Sigrist, Ariovaldo Isaac, Roberto Ginefra, entre outros.
 
Narradores

Sergio Salvucci, Pereira Neto, Reynaldo Porto, Roberto Leite, Dionísio Pivato, Clóvis Pereira, Mário Celso, Jota Júnior, Antonio Édson, Silvio Antonio, Silva Júnior, Ulisses Costa, Alberto César, Carlos Luz, Rogério Achiles, Rogério Assis, entre outros.
 
Comentaristas

José Lamana, Jorge Ferreira dos Santos, Alberto Feres Junior, Antonio Carlos de Julio, Gilberto Silveira Bueno, João Carlos de Freitas, Brasil de Oliveira, José Sidnei, Luiz Ceará, entre outros.
 
Técnicos de som

Leonildo de Souza, Jayme Ginez (Tiririca), Durval Biondi, Luiz Alexandre (Choquito), Aloisio Mathias, Vanderlei Araujo, Pedro Lucio, Antonio Carlos DeTilio, Carlos Alberto (Batatinha), Ronie Silva, Wladimir, Paulo Girardi, Tuca Pai, Tuca Filho, Marcão Italiano, Ocimar Sartori, Vagnaldo Silva, Edmo Aleixo, Roney Silva, Rildo Rodrigues, Segio Magaiver, João Carlos Pelucci, entre outros.

Âncoras e Plantões

Edu Pinheiro, José Arnaldo, Decimar Leite, Claudinei Corsi, Marcelo Boni, José Ribeiro, Valdene Amorim, Giuliano Vila Nova, dentre tanta gente boa.

Na memória

Roberto Diogo guarda com muito carinho uma participação com Osmar Santos, o Pai da Matéria, no giro de informação de placar e com o panorama do jogo direto de Campinas "A Capital Nacional do Futebol", em 1981.

Também guarda com muita emoção a entrevista com o Rei Pelé, por ocasião do amistoso entre Seleção Brasileira e Bulgária (2 a 1 para o Brasil), em maio de 1990, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

"Estava programado para Pelé chegar de helicóptero, mas o Rei chegou de carro, inesperadamente no estacionamento, bem próximo de onde eu me encontrava. A entrevista fluiu quase cinco minutos sem ninguém ao redor, apenas os seguranças do Rei. Sem dúvida, minha entrevista mais marcante", revela Roberto Diogo, que também guarda na memória conversas com Zico (foto), Dadá Maravilha,Gérson (o Canhotinha de Ouro), Rivelino, Bebeto, entre outros.
 
Participações de Roberto Diogo em programas esportivos na TV como comentarista:
 
- EPTV Campinas, com Oswaldo Luis e Renato Leal no programa de Esportes.
 
- CNT, com Valdene Amorim, João Carlos de Freitas, André Ramos e Zenon.

- Rádio Brasil / Jovem Pan, com Luiz Antonio Piva, no programa "A Grande Parada".
 
No dia 30 de abril de 2017, Roberto Diogo contou detalhes da final do Paulistão de 1977 no “Domingo Esportivo”:
 
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES