Diogo

Ex-lateral-esquerdo do Corinthians, Guarani e XV de Jaú
por Gustavo Grohmann
 
Diogo Ponzo Perez, o Diogo, lateral-esquerdo que jogou no Guarani ao lado de Telê Santana, morreu na madrugada do dia 5 de outubro de 2016, aos 85 anos, em Campinas-SP. O ex-jogador trabalhou no setor administrativo do Bugre por muitos anos. Ele era pai de Roberto Diogo, repórter esportivo do rádio campineiro.
 
CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE DIOGO, PAI DE ROBERTO DIOGO, NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?".

Nascido em São Paulo no dia 13 de junho de 1931, Diogo começou a carreira no XV de Novembro de Jaú. Em 1954, ele foi emprestado ao Corinthians onde atuou ao lado de craques como o goleiro Gylmar dos Santos Neves, o lateral-direito Idário e o atacante Luizinho Pequeno Polegar. Atuou pelo Alvinegro em apenas uma temporada e logo foi repassado para o São Bento de São Caetano do Sul (SP). Vestiu a camisa do Timão em 24 oportunidades (15 vitórias, 4 empates, 5 derrotas) e não marcou nenhum gol.
 
Diogo ainda passou pelo Guarani de Campinas (SP) nos anos 60. No Bugre, além de jogar ao lado de Telê Santana, Ferrari, Ditinho, Osvaldo Ponte-Aérea, entre outros, foi dirigido pelo técnico Elba de Pádua Lima, o Tim, um dos melhores treinadores que o futebol brasileiro já revelou. Atuou em 352 jogos pelo Guarani, segundo informação de seu filho, 
 
No dia 9 de fevereiro de 2014, a redação do Portal Terceiro Tempo, recebeu de Roberto Ponzo, o seguinte e-mail sobre Diogo Ponzo e Garrincha:

Olá Miltão, boa tarde!

Segue abaixo a sumula do dia em que meu pai Diogo marcou o mito Garricha, preciso resgatar o Diário do Povo de Curitiba que no dia seguinte
colocou a seguinte manchete: Torcida foi ver Garricha jogar e acabou vendo .....DIOGO, isto foi como um troféu para meu pai, mas que niguém
fala , ou por medo pois ninguém conseguia marcar o Mané garrincha, pode até ser que de dez jogos meu pai conseguiria somente em um jogo
marcar bem o Garrincha e ser valorizado por isto! Entendo que somente você pode divulgar isto!!! Meu pai esta completando este ano 34 anos de
Guarani FC, 9 como atleta na lateral esquerda, vestindo a camissa por 352 vezes e 25 anos de funcionário...ano que vem completara 35 anos de GFC!!! Abração do Roberto Diogo

Local: Durival Britto e Silva - Curitiba/PR
Data: 15/11/1960 (terça-feira)
Árbitro: Vítor Marcassa (PR)
Assistentes: José Ferreira dos Santos (PR)
Carlos Silvano Schoering (PR)
Renda: Cr$ 990.770,00
Público: 13.634 (11.894 pagantes e 1.740 não pagantes)

Gol: Cabrita aos 17 min. do 1º tempo.

BOTAFOGO: Manga; Cacá, Zé Maria e Chicão (Ademar); Jorge e Pampolini; Garrincha, China, Quarentinha, Didi e Amarildo.

GUARANI: Nicanor; Ferrari, Ditinho e Diogo; Ílton e Eraldo; Dorival, Milton, Cabrita (Marin), Benê I e Osvaldo. Técnico: Armando Renganeschi.
ver mais notícias

Pelo Guarani

Atuou em 352 jogos com a camisa do Bugre

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES