Guinei

Ex-zagueiro do São Bento e Corinthians
por Rogério Micheletti
 
Crucificado pela eliminação do Corinthians na Libertadores de 1991, o quarto-zagueiro Guinei, Valdinei de Paula (06/05/1959), jogou futebol até 2004. Ao lado do amigo Tupãzinho, seu companheiro no São Bento (SP) e no Corinthians, o beque acertou contrato com o Jaboticabal (SP) no começo de 2002 e depois perambulou por equipes do Paraná.

Hoje, ele mora em Sorocaba (SP), onde joga no time masters da empresa Villares.

Depois de ser dispensado pelo Corinthians, no mesmo ano em que falhou nas duas partidas contra o Boca Juniors pela Taça Libertadores, Guinei foi jogar no União São João. Ele foi envolvido numa troca junto com o volante Jairo (ex-Criciúma) e o atacante Marcos Roberto pelo zagueiro Henrique.

Pelo Timão, onde ficou em 1990 e 91, foram 128 jogos (55 vitórias, 55 empates, 18 derrotas), um gol marcado e o título do Brasileirão de 1990.

Guinei também atuou em equipes do Rio Grande do Sul, do nordeste do Brasil, do interior paulista e do exterior. Ele chegou a ser apontado como grande promessa do São Bento (alguns chegaram a compará-lo com Amaral) antes dele ser negociado para o Corinthians.

Seu melhor momento com a camisa alvinegra foi a conquista do Brasileirão de 90. "Acho que este momento merece ser lembrado. Mas o pessoal gosta de ficar falando da Libertadores de 1991. Prefiro ser citado por ter sido o quarto-zagueiro campeão brasileiro pelo Corinthians em 1990", avisa Guinei, que também costuma bater uma bolinha nos masters do Corinthians.

Guinei fez parte do time que derrotou o São Paulo nas partidas finais do nacional. O time base do Corinthians que conquistou o inédito título brasileiro era: Ronaldo; Giba, Marcelo, Guinei e Jacenir; Márcio, Wilson Neto e Neto; Fabinho, Tupãzinho e Mauro. o técnico era Nelsinho Baptista.

Gol contra o rival

Um dos gols mais bonitos da carreira de Guinei aconteceu contra o arqui-rival do Corinthains, o Palmeiras, em 90. No Torneio Vicente Matheus, no Pacaembu, ele fez um gol de sem pulo contra o Verdão. O Corinthians venceu o jogo por 2 a 1, de virada. Foi o único gol de Guinei com a camisa alvinegra.
 
Elogios do Xodó da Fiel

O meia Neto, grande craque do time na conquista do Brasileirão de 1990, entende que Guinei é um injustiçado dentro do futebol. "Ninguém pode responsabilizá-lo pela eliminação do time na Libertadores de 91. O time inteiro foi eliminado. O Guinei sempre foi um cara humilde e querido pelo elenco. E merece ser lembrado pelo título brasileiro de 1990. Ele jogou muita bola ao lado do Marcelo", comenta Neto.
ver mais notícias

Pelo Corinthians:

Atuou em 129 jogos e marcou um gol.
Fonte: Almanaque do Timão, de Celso Unzelte

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    58
  • 2 Pal
    50
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    43
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES