Edu Gaspar

Ex-volante de Corinthians, Arsenal e Valencia
por Diogo Miloni
 
Eduardo César Daude Gaspar, ou apenas Edu Gaspar, é um ex-jogador de futebol que vestiu as camisas de Corinthians, Arsenal, Valencia e Seleção Brasileira. Em 9 de julho de 2019, Edu deixou a coordenação técnica da seleção brasileira para assumir o cargo de diretor técnico do Arsenal, da Inglaterra
 
Natural de São Paulo, Edu nasceu no dia 16 de maio de 1978, e surgiu para o futebol atuando nas categorias de base do Timão, o popular "terrão".
 
Em 1999, o nome de Edu ganhou força no clube paulista. Ele foi o maestro do time que venceu a Copa São Paulo de Juniores, e ainda fez o gol decisivo para o título, na final diante do Vasco.
 
No ano seguinte, conquistou o Mundial de Clubes da Fifa, jogando em um dos melhores times que o Corinthians já teve, ao lado de nomes como: Dida, Rincón, Marcelinho Carioca e Luisão.
 
Após a saída do volante colombiano, Edu ganhou espaço no time titular e não demorou para se destacar com seu estilo de jogo leve, ótimo passe e bom arremate. No segundo semestre de 2000, depois da eliminação do Corinthians na Libertadores, o atleta "prata da casa? foi negociado com o Arsenal, da Inglaterra.
 
Antes de assinar o contrato com os Gunners, o brasileiro se envolveu em uma polêmica. Ele tentou entrar no país com sua ascendência portuguesa, mas foi barrado pela imigração e impedido de atuar. Mesmo com este contratempo, a direção do clube inglês não desistiu de sua contratação, e antes do final do ano, Edu era jogador do Arsenal.
 
No time inglês, o volante tupiniquim levou um tempo para se firmar, mas em 2003, assumiu de vez a vaga de titular da equipe, e ajudou o Arsenal a se sagrar campeão nacional de forma invicta. O bom momento e a exposição internacional renderam ao atleta sua primeira convocação para a Seleção Brasileira.
 
Vestindo a camisa amarelinha, Edu foi campeão da Copa América, em 2004, e da Copa das Confederações, em 2005, mas após um rompimento dos ligamentos do joelho, ele ficou de fora do grupo que foi convocado para a Copa do Mundo da Alemanha, em 2006. A queda de rendimento e a saída do Arsenal, em 2005, atrapalharam a seqüência do volante na seleção.
 
Fora do clube inglês, o jogador decidiu optar pelo futebol espanhol. Na época, recebeu propostas de Real Madrid e Barcelona, mas acertou sua ida para o Valencia, onde fez diversos amigos, mas não conseguiu embalar grandes seqüências de jogos e foi pouco aproveitado.

Em julho de 2009, acertou seu retorno ao Corinthians, mas não conseguiu repetir os bons momentos de Arsenal e do início de carreira no próprio Timão.
 
Um ano e meio após sua chegada, Edu decidiu aposentar-se.
 
Em 2011, após se aposentar, assumiu a vaga de diretor de futebol do Corinthians, clube que o revelou, permanecendo nesta função até o dia 15 de junho de 2016, dia em que junto com Tite (técnico) passou a integrar a comissão técnica da seleção brasileira de futebol, como coordenador técnico.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

Mais lidas

  • Sem notícias nesta categoria
  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    39
  • 2 San
    37
  • 3 Pal
    36
  • 4 Cor
    32
  • 5 São
    31
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES