Diogo

Ex-goleiro do Corinthians
Diogo, o Olinto Lul Diogo, goleiro do Corinthians, de 1967 a 1970, morreu na manhã de 22 de outubro de 2021, aos 82 anos. Ele estava internado no asilo Caso do Idoso Sebastião Peres Filho, em Santana do Livramento, interior do Rio Grande do Sul, após ter ficado internado por alguns dias na Santa Casa de Misericórdia.
 
Gaúcho de São Borja, onde nasceu em 17 de fevereiro de 1939, Diogo foi criador de ovelhas, bois, e cultivava milho em sua propriedade, uma fazenda no município gaúcho de Vacaria, onde também teve muitos cachorros de estimação.
 
Começou a carreira no Brasil de Pelotas-RS, passou pelo Almirante Barroso de Itajaí-SC e foi comprado do Internacional de Porto Alegre pelo Corinthians por antigos 15.000 cruzeiros novos, naquela época uma quantia irrisória, mesmo para um goleiro.
 
Pai de apenas um filho, Cassius Diogo, advogado militante em São Borja-RS, Diogo foi o goleiro corintiano no célebre jogo em que o Timão quebrou o mais famoso tabu do futebol brasileiro ao bater o Santos Futebol Clube por 2 a 0 , gols de Paulo Borges e Flávio, no Pacaembu, no dia 6 de março de 1968, uma quarta-feira à noite. Fazia 11 anos que o Corinthians não vencia o Peixe em jogos do Campeonato Paulista.
 
 
ver mais notícias

Pelo Corinthians:

Diogo defendeu a meta mosqueteira em 52 partidas (26 vitórias, 13 empates e 13 derrotas) e tomou 60 gols, conforme consta no "Almanaque do Corinthians?, de Celso Unzelte.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES