Capitão (Oleúde)

Ex-volante da Portuguesa e do São Paulo
por Raphael Cavaco
 
O ex-volante Oleúde José Ribeiro, o Capitão, nascido na cidade mineira de Conselheiro Pena em 19 de setembro de 1966, marcou história na Portuguesa. Conhecido pela raça e vigor físico, ele foi um dos símbolos da Lusa no vice-campeonato brasileiro em 1996. É o atleta que mais vezes vestiu a camisa do time do Canindé.
 
Quase ganhou uma estátua pelo recorde. Pena que dirigentes incompetentes não deram o devido valor.
Depois disso, o ex-jogador teve passagem discreta pelo São Paulo entre 1998 e 1999. No Tricolor, fez 61 jogos (30 vitórias, 13 empates e 18 derrotas) e não marcou nenhum gol, como mostra o "Almanaque do São Paulo", de Alexandre da Costa. Atuou improvisado na zaga titular, ao lado de Edmílson, e foi campeão paulista em 1998.
 
Hoje, o ex-camisa 5, que ainda jogou no Grêmio, reside em Mauá-SP. Sua última lembrança no futebol foi o rebaixamento de sua querida Portuguesa para a Segundona do Brasileirão, em 2004, quando esteve presente no elenco. Mas só encerrou a carreira em definitivo em uma equipe mauaense: a Mocidade Esporte Clube.
 
Capitão é casado, tem quatro filhos, nasceu em Conselheiro Pena-MG, jogou também um ano no Japão e é dono de uma grande fazenda em Cascavel-PR, onde foi revelado para o futebol.

CURIOSIDADE SOBRE O NOME
 
O próprio Capitão tem um explicação para o seu nome. Segundo ele, foi uma tentativa frustrada de seus pais homenagearem a capital mundial do cinema, Hollywood...
ver mais notícias

Pelo São Paulo:

Atuou em 61 jogos, sendo 30 vitórias, 13 empates e 18 derrotas.
Fonte: Almanaque do São Paulo, de Alexandre da Costa.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES