Bianqui

Ex-Zagueiro do Santos, Cruzeiro, Atlético-PR e Sport-PE

Carlos Bianque da Silva, o Bianqui, ex-zagueiro do Peixe na década de 70, nasceu no dia 3 de outubro de 1954, em Santos-SP, e morreu na mesma cidade na noite do dia 26 de setembro de 2014, ao 59 anos.

Bianqui Começou a carreira na própria equipe santista em 1969 e lá ficou até 1979. Foi campeão estadual em 73 e 78, neste ano com a famosa equipe dos "Meninos da Vila", que tinha Pita, Nilton Batata, Juary e João Paulo como destaques.

Bianchi rodou o Brasil e ainda teve passagens por Cruzeiro (1979), Atlético-PR (1982), Sport do Recife (1984), Internacional de Limeira então comandado por Pepe (1986), Remo do Pará (1987), Marília-SP, Itumbiara-GO e Brusque-SC, onde encerrou a carreira de jogador e iniciou a de treinador no começo dos anos 90.

O defensor colecionou títulos estaduais. Além dos três canecos do Campeonato Paulista, um deles pelo Leão de Limeira, sagrou-se campeão mineiro, paranaense, pernambucano e paraense. Na maioria das equipes que jogou, ele usou a tarja de capitão.

Após deixar o futebol, o ex-beque voltou a residir em Santos com a esposa do segundo casamento, Rita de Cássia. Possuia dois filhos (Bruno e Bianca), frutos da primeira união, e uma neta chamada Stella. Bianqui era tão querido no meio futebolístico de Santos que os amigos fizeram um jogo beneficente para sua recuperação de um derrame cerebral.

Seleção

Bianqui defendeu a seleção brasileira olímpica e foi campeão dos Jogos Pan-americanos da Cidade do México, em 1975, e do Torneio Pré-Olímpico de 1976. Atuou como titular em apenas quatro partidas, segundo consta no livro "Seleção Brasileira - 90 anos", de Roberto Assaf e Antonio Napoleão.

Por Raphael Cavaco Colaborou: Carlos Prieto, o Gigi

ver mais notícias

Na Seleção

Bianqui defendeu a seleção brasileira olímpica e foi campeão dos Jogos Pan-americanos da Cidade do México, em 1975, e do Torneio Pré-Olímpico de 1976. Atuou como titular em apenas quatro partidas, segundo consta no livro "Seleção Brasileira - 90 anos", de Roberto Assaf e Antonio Napoleão.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES