Aloísio Mulato

Ex-centroavante da Lusa e Sport
por Rogério Micheletti
 
Aloísio Felipe Matar, o Aloísio Mulato, centroavante da Portuguesa da Desportos, na década de 60, nasceu em São José do Rio Pardo-SP (terra também de Boizinho, Ari, Edson Boaro, Modesto, Rondinelli, Márcio Araújo, Luizinho, ex-São Paulo nos anos 50, Luis Fernando e etc...), é dono da loja Palaco Modas, que fica na Vila dos Remédios, em Osasco-SP. Faleceu no dia 4 de dezembro de 2021.

"É difícil ficar muito tempo afastado dos gramados", diz o ex-atacante, que tem quatro filhos e três netos, e que começou a carreira em 1963 no Palmeiras de São João da Boa Vista-SP.

Em 1965, o jovem atacante, nascido no dia 18 de agosto de 1945, deixou o interior paulista para jogar na Portuguesa. "Lembro-me muito bem do time da Portuguesa. Era: Félix; Jair Marinho, Ditão, Vilela e Edílson; Nair e Pampolini; Almir, Aloísio Mulato, Dida e Ivair", recorda Aloísio, que brigava pela número 9 com o saudoso Henrique Frade.

No segundo semestre de 66, Aloísio acabou por se transferir para o Bragantino, onde ficou três anos e depois foi jogar no Sport Clube do Recife. "Fiquei um ano no Sport e fui vice campeão. O Náutico, que era muito forte, ficou com o título. Foi um momento marcante na minha carreira ter passado pelo futebol pernambucano", conta.

Em 68, ele voltou para o Bragantino e de lá foi emprestado para o América de Rio Preto. Após um ano no Diabo de Rio Preto, Aloísio defendeu o Paulista de Jundiaí e depois de uma frustrada negociação com o futebol belga, ele foi jogar em equipes da segunda divisão. "Não houve acerto financeiro e aí joguei em equipes menores", diz o ex-atacante, que é casado, tem quatro filhos e mora em Osasco (SP).
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES