Alexandre

Saudoso goleiro do São Paulo

Por Marcelo Rozenberg

A fatalidade impediu que Alexandre Escobar Ferreira, o ex-goleiro Alexandre, tivesse uma carreira de sucesso como jogador de futebol. No dia 18 de julho de 1992, um acidente automobilístico provocou seu falecimento com apenas 20 anos de idade. Nascido em Sorocaba, começava a despontar como sucessor de Zetti no São Paulo. Tinha, inclusive, feito parte do elenco que havia acabado de conquistar a Taça Libertadores da América daquele ano.

Alexandre foi importante na caminhada rumo à taça. No primeiro jogo contra o Nacional do Uruguai válido pelas oitavas-de-final, substituiu Zetti, que foi expulso de campo, no segundo tempo, em pleno estádio Centenário de Montevidéu, e ajudou a garantir a vitória por 1 a 0. No duelo da volta, no Morumbi, atuou durante os 90 minutos na vitória tricolor por 2 a 0.

Quem falou sobre Alexandre com propriedade foi Valdir Joaquim de Moraes, primeiro treinador de goleiros da história do futebol brasileiro. Segundo ele, tratava-se de um atleta que batia tão bem ou até melhor que o Rogério Ceni na bola, além de ser excepcional debaixo das traves.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES