Xexa

O goleiro de 1,65m de altura
por Túlio Nassif/ contribuição e texto de Tico Cassola

Nos dias atuais seria inconcebível que Nelson Fernandes Ribeiro Filho, o "Xexa", tivesse pretensões de ser goleiro com sua altura de 1,65m. Durante os anos 60 e 70, foi atleta profissional de futebol defendendo equipes da 2ª e 3ª divisões do Campeonato Paulista. Xexa morreu em 14 de maio de 2020, em Bauru-SP, vítima de câncer. 
 
O ex-gileiro iniciou a sua carreira para valer em 1966, quando foi campeão amador regional pela A. A. Itapuí, equipe que leva o nome da cidade. Depois disso, foi convidado, juntamente com outros oito integrantes da equipe, a defender o Gália Futebol Clube, na Alta Paulista, clube da 3ª divisão.
 
Nesse mesmo ano tornou-se titular do Bauru Atlético Clube, o famoso "BAC", primeiro clube profissional do Rei Pelé. Durante vários anos foi também "camisa um" da Seleção de Futebol de Salão da "Cidade sem Limites".

Em 1972, seu colega de faculdade ,Jurandir Burghetti, o levou para disputar a 2ª divisão pela Associação Cafelandense de Esporte.
"Ele compensava a baixa estatura com uma impulsão fantástica. Ia buscar a bola lá onde a coruja faz o ninho. Garantiu vários bichos para gente", afirmava Burghetti.

Xexa considerava fato marcante de sua vida a participação no programa "Cidade contra Cidade", apresentado por Silvio Santos, onde Bauru competiu contra Santos.

Foi escolhido pela imprensa local para a disputa por pênaltis e defendeu duas cobraças efetuadas por Pepe, o "Canhão da Vila".
Nelson Xexa foi aluno de João Gualberto Pires na faculdade de Educação Física, na turma do goleiro Chiquinho Cefaly, Romualdo (ex-Noroeste), Jurandir Burghetti e do jornalista Zancopé Simões.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES