Sylvinho

Ex-lateral de Corinthians e Barcelona
por Diogo Miloni

Sylvio Mendes Campos Júnior, mais conhecido como Sylvinho, é um ex-lateral-esquerdo muito habilidoso que fez sucesso nos times de Corinthians e Barcelona. Em 9 de abril de 2019, Sylvinho foi anunciado como novo técnico da seleção brasileira olímpica. Ele permaneceu na CBF até 17 de maio de 2019, dia em que foi anunciada sua saída para assumir o comando técnico do Lyon, da França.
 
Natural do estado de São Paulo, mais precisamente a capital paulista, Sylvinho nasceu no dia 12 de abril de 1974 e começou sua carreira nas categorias de base do Timão, o popular Terrão do Parque São Jorge.
 
Aos 20 anos de idade, o ala teve a primeira oportunidade no grupo principal do clube paulista, onde permaneceria até 1998. Nas quatro temporadas defendendo a camisa alvinegra foram 5 títulos, três Campeonatos Paulistas, uma Copa do Brasil e um Brasileirão.

Nos 265 jogos disputados foram apenas 3 gols marcados, o que reflete os comentários da torcida de que o lateral era "muito bom, mas não sabia chutar".

O bom momento no Timão levou Sylvinho à Seleção Brasileira, em 1997,  e posteriormente ao futebol europeu, mais precisamente para o Arsenal, clube tradicional da Inglaterra.

Nos Gunners, o brasileiro teve poucas oportunidades e foi transferido para o Celta de Vigo, da Espanha, onde ficou de 2001 até 2004. Com boas atuações e mais visibilidade no país ibérico, Sylvinho despertou o interesse do Barcelona, time que se transferiu no final de 2004.

Pelo Barça foram mais cinco anos de bom futebol, alternando-se na condição de titular e no banco de reservas. Entre as principais conquistas de sua trajetória no futebol, as mais importantes estão vinculadas ao clube catalão: o Campeonato Espanhol e a Liga dos Campeões da UEFA.

Com o término do contrato, o lateral-esquerdo chegou a ser cogitado novamente no Corinthians, mas preferiu aceitar o convite do Manchester City e voltar a viver na Inglaterra. Em julho de 2011, Sylvinho encerrou sua carreira.

Em 2011, após deixar o Manchester City, decidiu se aposentar e, algum tempo depois de parado, assumiu como auxiliar técnico do Cruzeiro, ao lado do também ex-jogador Vágner Mancini.

No entando, após a saída de Mancini, Sylvinho também deixou seu cargo na Raposa, no dia 10 de maio de 2012. Seguindo como companheiro do ex-volante, o auxiliar também foi contratado pelo Sport do Recife, que disputava a Série A de 2012.

Em 01 de fevereiro de 2013,  o ex-lateral foi contratado como auxiliar técnico de Vágner Mancini no comando do Náutico de Capiberibe. Em 05 de julho de 2013, após a saída do auxiliar do treinador Tite, Geraldo Delamora, Sylvinho aceitou o convite e virou membro da comissão técnica corintiana. No dia 13 de dezembro de 2014 o ex-jogador foi anunciado como auxiliar-técnico de Roberto Mancini, na Inter de Milão.
 
No dia 20 de julho de 2016, deixou a Inter de Milão para assumir o cargo de auxiliar técnico de Tite na Seleção Brasileira.
 
CLIQUE AQUI E VEJA MATÉRIA SOBRE SYLVINHO, ALUSIVA AO SEU 150º PELO CORINTHIANS, ESCRITA POR MARCOS JÚNIOR MICHELETTI NO PORTAL TERCEIRO TEMPO
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

Mais lidas

  • Sem notícias nesta categoria
  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    39
  • 2 San
    37
  • 3 Pal
    36
  • 4 Cor
    32
  • 5 São
    31
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES