Sima

Ex-artilheiro do Piauí
Chamado por muitos como o Pelé do Piauí, ou o Pelé do Nordeste, hoje ele é dono de uma rede de lojas de produtos esportivos em Teresina (PI) e outras cidades do mesmo estado. Sima ainda participa de eventos esportivos, principalmente patrocinando.

O Rei Do Piauí

Entre 1969 e 1983, o centroavante Sima (Simão Teles Bacelar) conseguiu a proeza de ser dez vezes o artilheiro do campeonato estadual.

No futebol do Piauí, durante muitos anos, havia um a certeza: o time que tivesse alguma pretensão de campeão estadual precisava contar com Sima e mais dez, fazendo gols atrás de gols desde o final da década de 60, o atacante só se tornou conhecido nacionalmente em 1977, quando se tornou o maior goleador dos campeonatos estaduais em todo o país pelo RIVER ATLÉTICO CLUBE marcando 33 gols na temporada. No mesmo ano na estréia do River no campeonato brasileiro da 1º divisão deixou sua marca quatro vezes contra o América-RN. Graças a essa grande exibição, durante três semanas permaneceu na liderança da artilharia, à frente de Zico, Roberto Dinamite e Serginho Chulapa. Um feito histórico para o futebol piauiense.

Quase sempre jogando por equipes piauiense principalmente, o River, Sima teve passagem por um grande clube, em 1972, quando disputou o Baiano e o brasileiro pelo Bahia. Seu momento maior destaque foi à decisão do primeiro turno do estadual, contra o Vitória, quando marcou o gol que garantiu a presença do Bahia nas finais do campeonato. Se faltaram mais oportunidades nos grandes clubes, sobrou a Sima o reconhecimento no estados do norte-nordeste e da torcida tricolor seu time de coração, onde é até hoje o grande ídolo da torcida. Em dez oportunidades (1968, 69, 70, 71, 74, 77, 78,79 e 1983), foi o goleador máximo no Piauí. Até hoje ninguém fez mais gols eu ele no norte-nordeste e no centro oeste.

Ele nunca sofreu uma punição na carreira, o que lhe valeu o premio Belfort Duarte, outorgado pela CBF.

Atleta de grande habilidade e inquestionável faro de gol, Sima passou toda a sua carreira preocupado em balançar as redes adversárias. Nem os pontapés dos zagueiros o afastaram desse propósito. Em toda a carreira foram 526 gols, alguns considerados inesquecíveis pelo artilheiro, hoje empresário no ramo de material esportivo: "Quando estava fiz dois gols que poderiam ter levado nosso time a dois resultados fantástico. Em 74. Contra o inter de Figueroa, em Porto Alegre, fiz 1 x 0, mas nossa defesa falhou nos últimos 10min e perdemos por 2 x 1. Um ano mais tarde em São Januário frente ao Vasco, coloquei o Tiradentes na frente, mais o arbitro mineiro Hélio Cosso arranjou um pênalti para que o jogo terminasse empatado".
 
Outro momento da carreira que Sima gosta de lembrar com orgulho, foi contra o Botafogo, quando jogava pelo River, em pleno maracanã, pelo o campeonato brasileiro de 1982. Nem tanto pelo resultado em si, uma goleada implacável do alvinegro carioca por 5 x 2, mas por sua destacada atuação. Com o resultado definido, o botafogo, já havia feito seus cinco gols e jogo já passa dos 43 minutos do 2º tempo, o artilheiro piauiense foi lançado em profundidade passou por dois beques, driblou o goleiro Luiz Carlos e perdeu o ângulo. Mesmo assim, da linha de fundo, chutou por cobertura e encobriu dois zagueiros adversários eu estava na linha de gol e marcando um dos gols mais belos de sua carreira. Na saída de bola, o Botafogo se complicou e fez uma faltas na intermediária. A bola foi alçada para área e Sima, de cabeça, ainda teve tempo de marcar outra vez.

O jogo terminou 5 x 2, mas em dez minutos, o goleador conseguiu fazer a sua parte. Além da derrota, a outra decepção de Sima foi ter o seu primeiro gol preterido por uma cobrança de falta de Roberto Dinamite na escolha do "Gol do Fantástico", quadro do programa dominical da rede Globo.

Clubes e Gols

River (1977 a 1983 e 1987)= 185 Piauí (1966 A 1971 E 1984 A 1986) = 156 Tiradentes (1973 a 1976) = 93 Auto Esporte (1983/1984) = 30 Ferroviário-CE (1981) = 12 Seleção de Barra-PI = 12 Flamengo-PI = 10 Moto Clube-MA - 09 Bahia = 09 Seleção Piauiense = 04 Seleção da Agpi = 04 Sergipe-SE = 02 Seleção Prata de Casa-PI = 02 Leôncio-BA = 02 Seleção de Teresina = 01 Total: 529
Fonte: site oficial do River Atlético Clube de Teresina-Piaui

O site Terceiro Tempo recebeu no dia 23 de janeiro de 2006, do internauta orisvaldo Tanniy Ramos Costa, de 41 anos, de Teresina (PI), o seguinte e-mail:
"Milton, O Sima foi dos grandes goleadores do Brasil,com quase 800 gols. Nada se comenta. Conhecido como Simão Teles Bacelar. Milton, na década de 70 o Sima fez um gol no Vasco que daria a vitória ao Tiradentes do Piauí, só, que o José Roberto Wrigth aos 45 viu um pênalti a favor do Vasco só ele viu. Coloque a memória pra funcionar e você vai lembrar. Obs: aos 45 do segundo tempo".
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES