Sérgio Quintella

Jornalista

por Marcos Micheletti

O jornalista Sérgio Quintella, paulistano da Mooca, nascido em 06 de dezembro de 1979, atualmente trabalha na revista Veja São Paulo, a Vejinha.

Com longa experiência por diversas editorias, Quintella começou no jornalismo em 2005, no Grupo Bandeirantes, inicialmente como estagiário, passando a rádio escuta e em seguida como repórter, na Rádio SulAmérica Trânsito, onde permaneceu até 2009.

Foi no período em que esteve na emissora do Morumbi que conheceu seu "ídolo", Milton Neves, que o contratou para trabalhar no Portal Terceiro Tempo em 2008.

Na redação do site de Milton Neves, na Avenida Paulista, Sérgio Quintella era um dos responsáveis pelos textos da seção "Que Fim Levou?" e também por textos e montagens no blog do Terceiro Tempo, além de ter feito inúmeros trabalhos fotográficos, como na festa de veteranos do Palmeiras de 2008. No caso específico dos personagens do Juventus (do qual é torcedor apaixonado), foi responsável por "turbinar" diversas galerias de fotos, como na do ex-zagueiro Oscar Amaro, com mais de 100 imagens.

"Um dos momentos mais inesquecíveis na minha vida profissional foi quando eu avisei ao Milton que não poderia mais fazer um trabalho extra para ele, pois precisava ganhar mais e iria entregar pizza. Falei isso para o Milton num domingo, no intervalo do antigo programa dele na TV Band, onde eu atuei como fotógrafo. Ele ficou quieto, mas no dia seguinte me chamou na sua sala, às 9h da manhã, e me disse que eu não entregaria pizza coisa nenhuma. Perguntou quanto eu pagava de aluguel. Aí falou que me pagaria o dobro do que eu já recebia. Eu comecei a chorar e a partir desse dia passei a ser muito grato a ele”, recorda-se Quintella.

Depois de trabalhar no Portal Terceiro Tempo teve uma curta passagem pela Rádio Jovem Pan, no mesmo prédio que a redação do site de Milton Neves, para depois se firmar como repórter da Rádio Estadão, onde conseguiu seus primeiros "furos" jornalísticos, com destaque para a entrevista com o ex-médico Roger Abdelmassih, em 2014. Quintella foi o primeiro jornalista a entrevistá-lo, quando Abdelmassih chegava em Congonhas, procedente do Paraguai.

Em 2015, ano em que começou na "Vejinha", outra grande reportagem, desta vez com Andreas Von Richthofen, irmão de Suzane Von Richthofen, naquela que foi a primeira entrevista de Andreas com algum jornalista.

"Eu, Marcos Micheletti, tenho muito a agradecer ao Sérgio Quintella. Em 2009, meu primeiro ano no Portal Terceiro Tempo, o Sérgio (que eu chamo de Sergito), me ensinou muitas coisas do trabalho na redação. Em setembro daquele ano, abriu mão da cobertura da festa de veteranos do Palmeiras para que eu fosse em seu lugar, e isso acabou sendo um divisor de águas para mim, um trabalho que agradou muito ao Milton, e eu precisava mostrar serviço. Por isso, toda vez que ele me liga e me chama de ´Marcão meu irmão´eu fico muito feliz".

Em 28 de julho de 2019, Sérgio Quintella foi entrevistado por Milton Neves no "Domingo Esportivo" da Rádio Bandeirantes, falando sobre o gol de Pelé na Rua Javari em 02 de agosto de 1959 e outras histórias.

ABAIXO, A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA DE SÉRGIO QUINTELLA A MILTON NEVES

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    58
  • 2 Pal
    50
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    43
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES