Schneider

Ex-goleiro do Internacional

Fonte: Tardes de Pacaembu

Luis Carlos Schneider, mais conhecido como Schneider, foi um dos grandes goleiros que o Internacional já teve. Morto em 1º de dezembro de 1999, então aos 51 anos, já recebeu diversas homenagens póstumas da diretoria e da torcida do Colorado.

Natural de Montenegro, no Rio Grande do Sul, o arqueiro nascido em 1948 começou sua carreira pelos modestos clubes de sua cidade natal. Em 1965, teve a oportunidade de vestir a camisa do Internacional pela primeira vez, quando encaminhado para a equipe de juniores do time gaúcho.

Osvaldo Rolla era o técnico do Inter e foi ele que lançou o atleta, ainda muito jovem, entre os titulares da equipe. De 1968 a 1970, foi o dono da camisa um do Inter, até o retorno de Gainete, que estava emprestado ao Vasco.

Dois anos mais tarde, Schneider retomou sua posição, mas conviveu com a "montanha russa" do ofício: entre defesas milagrosas e falhas grotescas, o goleiro nunca teve o prestígio que esperava entre os colorados de sua época.

Em 1974, Manga desembarcou no Beira-Rio e ceifou as chances do goleiro gaúcho ser titular. Quatro temporadas mais tarde, Schneider acertou sua aposentadoria e começou a trabalhar como preparador de goleiros. Entre os principais nomes que treinou, estão Gilmar Rinaldi e Cláudio Taffarel.

ABAIXO, COM LOCUÇÃO DE MILTON NEVES NO "GOL, O GRANDE MOMENTO DO FUTEBOL", DA BAND, OS GOLS DE PORTUGUESA 3 X 3 INTERNACIONAL. SCHNEIDER PRETO ERA O GOLEIRO DO INTER

CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA COMPLETA SOBRE O JOGO ENTRE PORTUGUESA X INTER EM 1968, ESCRITA POR MARCOS JÚNIOR MICHELETTI NO PORTAL TERCEIRO TEMPO.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    13
  • 2 Atl
    12
  • 3 São
    11
  • 4 San
    10
  • 5 Int
    9
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES