Roberto Fernandes

Ex-meia do América-SP e treinador
por Marcelo Rozenberg
 
Nascido em Recife em 05 de maio de 1971, Roberto Fernandes foi um meia de carreira curta.
 
Roberto é casado, e tem como principais conquistas o título paulista da Série B-2 de 2001 pelo Primavera e o título do Distrito Federal de 2007 pelo Brasiliense.

Em 1 de agosto de 2017, o treinador foi anunciado como técnico do Náutico, cargo que ocupou até 06 de maio de 2018, dia em que foi demitido, após derrota para o Confiança-SE, na Arena Pernambuco, por 4 a 2, jogo válido pela quarta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Jogou nas categorias de base do Náutico e Santa Cruz e como profissional no América-SP e Ferroviário. Aos 26 anos já trabalhava como treinador, função que desempenha até os dias atuais.

Já dirigiu Ferroviário do Ceará, Independente de Limeira, São Bento, Anapolina, Ceilândia, Ituano, Vila Nova de Goiás, Brasiliense, Londrina, Atlético Paranaense e Náutico, clube com o qual tem forte identificação.

Mesmo assim, em março de 2009, ele foi demitido do Timbu por causa de atritos com a diretoria e a torcida. Dias depois, assumiu o Figueirense e no mesmo ano dirigiu o Fortaleza.

Em 2010 passsou pelo Brasiliense, Atlético-GO e retornou ao Náutico em setembro, conseguindo ajudar a equipe a se livrar da queda para a Série C. No entanto, foi dispensado mais uma vez, em 2 de maio de 2011, após o Timbu ser eliminado do Campeonato Pernambucano daquela temporada.

Em 2012, assumiu o comando do Guaratinguetá, que disputaria a Primeira Divisão do Campeonato Paulista daquele ano. No entanto, as três derrotas nas três primeiras partidas do Estadual fizeram com que o treinador fosse desligado do cargo pela diretoria do time interiorano.

Em maio de 2012, ele comandou o América de Natal na segunda divisão do futebol brasileiro. Porém, saiu no ano seguinte e acertou com o rival, ABC. Em 2014, ele passou a parte do ano no Remo.
 
Após sair do Remo, Roberto passou por América-RN, Capivariano, Confiança e Paraná, clube onde ficou até o dia 16 de novembro de 2016.
 
No mesmo ano ainda dirigiu Capivariano, COnfiança e Paraná Clube. Em 2017 passou pelo Bangu, outra vez Confiança e Náutico, onde iniciou a temporada 2018. Quando também treinou o rival Santa Cruz. Encerrou a temporada no CRB, de Alagoas.
 
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES