Oriel

Ex-atacante do Santos e XV

Oriel José Bernardes Marcolino, o Oriel, centroavante do XV de Novembro de Piracicaba nos anos 80, atualmente mora em Piracicaba, no interior de São Paulo, é técnico de futebol e espera proposta de algum clube. Na foto que ilustra a página, ele é o terceiro jogador agachado.
Nascido no dia 23 de fevereiro de 1960, Oriel começou a carreira de jogador no Valério Doce de Itabira (MG), em 1977, e um ano depois teve rápida passagem pelo Santos FC.
De 1979 a 1982, ele defendeu as cores do XV de Piracicaba. No dia 25 de maio de 1980, o centroavante e seus companheiros de XV derrotaram o Corinthians por 2 a 1, em partida válida pelo primeiro turno do Paulistão daquele ano. O jogo ficou marcado para Oriel pois naquela manhã de domingo no estádio do Pacaembu, em São Paulo, foi dele o gol da vitória sobre o Corinthians de Zé Maria, Biro-Biro, Sócrates e companhia.
O Timão, do técnico interino Julinho (o treinador Jorge Vieira foi demitido dias antes, após o empate com o Botafogo e a desclassificação do Brasileirão), jogou com Solito; Zé Maria (o Super Zé), Djalma, Amaral e Luís Cláudio; Caçapava, Biro-Biro e Sócrates; Píter (depois Vaguinho), Toninho e Carlinhos (depois Basílio).
O XV de Piracicaba, do técnico Arizona, entrou em campo com Pizeli; Alan, China, Ademir e Márcio Gomes; Vadinho, Fio e Rogério; Ronaldo, Oriel e Zé Luis.
Doze mil pessoas viram Zé Luis abrir o placar para o XV, aos 23 minutos do primeiro tempo. Toninho anotou aos 34 e empatou a partida. Aos 30 minutos da segunda etapa Oriel marcou o segundo gol da do XV e deu números finais a partida. Apitou o jogo o árbitro Romualdo Arppi Filho.
Em 1983, Oriel foi emprstado ao Bandeirantes do Paraná. Um ano depois, passou pelo Marcílio Dias, de Santa Catarina, onde conseguiu o título da Taça 60 anos da Federação Catarinense. Em 1985, voltou para o XV de Piracicaba para disputar o campeonato paulista.
Passou ainda pelo Pinhalense (1986), onde jogou ao lado de Mirandinha (ex-São Paulo e Corinthians) e Wilson Campos (ex-Guarani), pela União Barbarense (1987), Paulista de Jundiaí (1988) e Barretos FC (1989/90), onde encerrou sua carreira como jogador. Resolveu continuar no futebol e fez um curso de preparação para treinadores.
Como técnico, Oriel conseguiu o título invicto da Copa Metropolita pela categoria de base do XV de Piracicaba, além de levar a categoria infantil do alvinegro da terceira para a primeira divisão do campeonato estadul.
Residente no Bairro Verde, em Piracicaba (SP), Oriel é casado, tem dois filhos (Douglas e Mayara) e espera continuar trabalhando com futebol.
Por Gustavo Grohmann

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    61
  • 2 Pal
    53
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    44
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES