Mirandinha

Ex-centroavante do Corinthians e São Paulo
por Raphael Cavaco
 
Rápido, oportunista e raçudo. Assim era Sebastião Miranda da Silva Filho, o Mirandinha, ex-centroavante do Corinthians e São Paulo. Nascido em 24 de fevereiro de 1952, na cidade paulista de Bebedouro, ele foi revelado no América de Rio Preto.
De lá, saiu para o Corinthians.
 
Defendeu a equipe corintiana de 1970 a 1973. Disputou 162 jogos (70 vitórias, 55 empates, 37 derrotas) e marcou 50 gols pelo Alvinegro.
 
Mas sem conquistar títulos no Parque São Jorge, foi vendido para o rival São Paulo, onde jogou por cinco anos (1973 a 1978) e conheceu o auge da carreira.
 
Nos tempos de Morumbi, ele foi convocado para a seleção brasileira na Copa de 1974, na Alemanha. Atuou como titular em quatro partidas daquele Mundial, no qual o Brasil foi eliminado na semifinal para a Holanda, após perder por 2 a 0.
 
Na volta da Copa, em novembro de 1974, o atacante quebrou a perna num lance chocante, ao ser atingido pelo zagueiro Baldini, do América, em jogo do Paulistão. Ele havia aberto o placar da vitória de 3 a 0. Por obra do destino, seu substituto foi Serginho Chulapa, que anotou os outros dois gols da partida e se tornou o maior artilheiro da história do clube.
 
Devido à lesão, Mirandinha ficou dois anos fora do futebol. Nesse período, realizou sete cirurgias até retornar aos gramados. O artilheiro nunca mais foi o mesmo, mas participou do título brasileiro do Tricolor em 1977. Na equipe são-paulina, balançou as redes 43 vezes em 93 jogos (42 vitórias, 32 empates, 19 derrotas).
 
O camisa 9 deixou o São Paulo em 1978, quando aceitou proposta do time norte-americano Tampa Bay. Dois anos depois, defendeu o Tigres, do México. Daí em diante, teve passagens por vários times "pequenos? do interior do Brasil, como o Atlético de Goiás, até pendurar as chuteiras em 1985.
 
Morador antigo do bairro Jardim Aeroporto, Zona Sul da capital paulista, o ex-jogador virou treinador e atualmente está à procura de uma oportunidade. A última equipe que dirigiu foi o Cene, de Mato Grosso do Sul. Possui três filhos (Miran, Rogério e Rafael), que também seguiram os passos do pai. Todos são centroavantes e atuam em Portugal.
 
Fontes de Consulta: Almanaque do São Paulo, de Alexandre da Costa, e Almanaque do Corinthians, de Celso Dario Unzelte.
 
Ainda sobre Mirandinha, recebemos no dia 19 de janeiro de 2007, do internauta Emerson Guedes, o e-mail abaixo:
 
"Os amantes do futebol de Umuarama estão recebendo boas notícias. O município terá uma equipe na Divisão de Acesso ao Campeonato Paranaense da Primeira Divisão, agora denominada como Associação Futebol Amerios (AFA). Dirigentes do Umuarama participaram da reunião arbitral, em Curitiba, com o presidente Onaireves Nilo Rolim de Moura, onde confirmaram a inscrição da equipe. Segundo o presidente da AFA, Terra Junior, o time já esta se estruturando e um dos primeiros reforços é o técnico Mirandinha.
 
Quando atleta, Mirandinha atuou na Seleção Brasileira de 1978, Palmeiras, São Paulo e Corinthians. Alguns jogadores da base do ano passado irão permanecer na equipe, como goleiros Gomes, Aluízio, Batata, Clayton, Givanildo e Gilvan. O presidente ainda ressaltou que Mirandinha irá trazer entre 12 e 15 novos atletas. Está previsto a vinda do artilheiro do Campeonato Estadual Amazonense, o vice-artilheiro, um zagueiro, dois laterais, um volante, três meias e um goleiro.
 
Até o momento, o Umuarama irá mandar jogos no Lucio Pipino. O presidente do AFA disse à reportagem, que o estádio será fechado na próxima segunda-feira para reformas das arquibancadas, república, vestiários e o campo que está cheio de mato e buracos. O Lúcio Pipino deve ser reaberto no dia 3 de janeiro, quando começam as atividades da equipe. No dia 15 será feito o lançamento da equipe, que deverá ser realizado com um jantar.
 
Para 2007, o campeonato Divisão de Acesso terá novidade. O certame começará em fevereiro, será disputado simultaneamente com a Primeira Divisão e, além das 12 equipes já confirmadas, o torneio terá um time europeu. Porém a federação ainda não divulgou o nome do time. O torneio começará dia 4 de fevereiro, um mês antes do previsto, e terminará dia 24 de junho. A data foi mudada para que o torneio terminasse antes do início da Copa Paraná. A competição começa em julho e substituirá a Copa 100 Anos. Participaram da reunião o Auritânia/Foz do Iguaçu, Arapongas, Francisco Beltrão, Umuarama, Operário Ferroviário, Real Brasil, Adapar, Império do Futebol, Platinense, Matsubara, Bandeirantes EC, Grêmio Maringá.?
ver mais notícias
Pelo Corinthians:

Atuou em 62 jogos (70 vitórias, 55 empates, 37 derrotas) e marcou 50 gols pelo Alvinegro.

Fonte: Almanaque do Timão
Autor: Celso Unzelte

Pelo São Paulo:

Atuou em  93 jogos (42 vitórias, 32 empates, 19 derrotas). Marcou 43 gols.

Fonte: Almanaque do São Paulo,
Autor: Alexandre da Costa

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES