Milton Leite

Narrador esportivo
por Danielle Nhoque
 
"Que beleza!". A expressão irônica aplicada ao futebol foi lançada pelo experiente repórter Wanderley Nogueira, mas só virou bordão na voz de Milton Leite. Em 2013, o narrador seguia no comando das transmissões do canal pago SporTV.

Nascido no dia 5 de março de 1959 em São Paulo, Milton sempre foi apaixonado por esportes e chegou a praticar judô, vôlei, natação e tênis na adolescência. Com o sonho de ser escritor, escolheu o jornalismo como profissão e se graduou pela Escola de Comunicação da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Iniciou a carreira como repórter de campo da Rádio Difusora de Jundiaí e passou, mais tarde, pelo jornal O Estado de São Paulo.

Sua primeira narração de uma partida de futebol foi ao ar pela extinta TV Jovem Pan no ano de 1990. Após cinco anos na rádio, onde apresentava o programa "Show da Manhã", mudou para a ESPN Brasil para assumir a frente do "Linha de Passe" e fez coberturas importantes como a da Copa do Mundo de 1998 na França e as Olimpíadas de Sidney e Atenas, em 2000 e 2004. Deixou a emissora após um desentendimento com o então diretor José Trajano.

No ano de 2005 aceitou proposta do canal SporTV, onde ganhou mais popularidade. As frases "Meu Deus", "Que fase", "Olha a batida" e "Segue o jogo" são inconfundíveis quando emitidas pelo locutor, que por vezes é escalado para comandar partidas exibidas pelo payperview ou pelo canal aberto da Rede Globo de televisão. Apresentou as atrações "SporTV Repórter" e "Arena SporTV" e esteve nas Copas do Mundo de 2006 e 2010, além dos Jogos Pan-Americanos em 2007 e das Olimpíadas de Pequim em 2008.
 
Em 6 de dezembro de 2013 recebeu o o Troféu Ford ACEESP como melhor narrador esportivo de TV Aberta, em cerimônia realizada no Esporte Clube Sírio, em São Paulo.
 
Voltou a receber o Troféu Ford ACEESP em 1º de dezembro de 2014, novamente como melhor narrador esportivo de televisão, na cerimônia realizada no Esporte Clube Sírio.
 
Em dezembro de 2014, na enquete realizada pelo UOL junto aos jogadores de futebol profissional, como o melhor narrador do ano, com 33,33% dos votos. Cléber Machado, segundo colocado, teve 20,37% e Galvão Bueno ficou com a terceira colocação (18,52%).
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES