Maria Lenk

Ex-nadadora brasileira

por Marcos Júnior Micheletti

Maria Emma Hulga Lenk Zigler, ou simplesmente Maria Lenk, principal nadadora brasileira em todos os tempos, faleceu no Rio de Janeiro em 16 de abril de 2007, aos 92 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória após treino na piscina do Flamengo.

Filha de imigrantes alemães, Maria Lenk nasceu no Rio de Janeiro em 15 de janeiro de 1915, tem seu nome incluso no Swimming Hall of Fame, em Fort Lauderdale (Flórida), reconhecimento único entre atletas brasileiras.

Entre seus inúmeros feitos, Maria Lenk foi a primeira nadadora brasileira a estabelecer um recorede mundial e primeira mulher sul-americana a participar de uma edição dos Jogos Olímpicos, em 1932, em Los Angeles.

Uma pneumonia dupla foi a responsável por seu ingresso na natação, ainda menina, por recomendação médica.

Embora tenha deixado a natação em 1942, permaneceu na ativa, como professora de Educação Física (formada em Springfield) e também competindo em categorias master, onde acumulou diversas vitórias, como a impressionante marca obtida em agosto de 2000, em Munique, pela categoria 85-90 anos, ocasião em que conquistou cinco medalhas de ouro (100 m peito, 200 m livre, 200 m costas, 200 m medley e 400 m livre).

Em 2003 lançou o livro "Longevidade e Esporte", onde mostrava na prática sua rotina, que incluia aproximadamente 1500 metros de natação diária.

Em 2007 Maria Lenk passou a ser o nome do Parque Aquático que abrigou as competições de natação nos Jogos Pan- americanos do Rio de Janeiro.

Era viúva e deixou dois filhos: Gilbert e Marlen.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES