Lotti (ou Lóti)

Ex-lateral do Atlético-PR e do Timão

por Thiago Tufano Silva

Dilson Jorge Serpa, o Lotti (ou Lóti), ex-lateral com passagens pelo Atlético-PR e pelo Corinthians, morreu no dia 6 de fevereiro de 2017, aos 56 anos, em Balneário Camboriú-SC, vítima de um infarto. A informação foi transmitida ao Portal Terceiro Tempo pelo ator José Scavazini.

Nascido em Santa Isabel do Ivaí-PR em 23 de abril de 1960, Lotti iniciou sua carreira nas categorias de base do Coritiba. Aos 16 anos, deixou o Coxa e assinou com o Atlético-PR, onde se profissionalizou e alcançou projeção nacional.

O bom rendimento no Furacão garantiu a Lotti uma vaga no time titular da seleção brasileira sub-20 no Sul-Americano de 1978. Em 1981, foi comprado pelo Operário-MS, e logo em seguida emprestado ao Corinthians.

No Timão, não teve êxito na duríssima tarefa de substituir o ídolo corintiano Zé Maria, e Lotti acabou retornando ao Operário na mesma temporada. Na equipe sul-mato-grossense, conquistou dois estaduais: em 1981 e em 1983.

Nas temporadas 1984 e 1985, o lateral-direito defendeu o Goiás, onde conquistou os dois campeonatos goianos que disputou. No ano seguinte, foi contratado pelo Santa Cruz, vencendo no time pernambucano mais dois estaduais.

De 1989 a 1994, vestiu a camisa do ABC-RN, e em 1995 foi vendido ao Marcílio Dias, onde encerrou a sua carreira futebolística. Depois de pendurar as chuteiras, Lotti passou a trabalhar com a esposa em uma confecção de roupas e tecidos em Balneário Camboriú-SC.

Fonte: http://www.historiadordofutebol.com.br/


ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

Mais lidas

  • Sem notícias nesta categoria
  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    39
  • 2 San
    37
  • 3 Pal
    36
  • 4 Cor
    32
  • 5 São
    31
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES