Levir Culpi

Ex-zagueiro do Santa Cruz e técnico
por Rogério Micheletti

Levir Culpi, zagueiro do Coritiba, Colorado (PR), Santa Cruz, Botafogo e outras equipes nos anos 70 e 80, anunciou sua aposentadoria como treinador de futebol em 16 de dezembro de 2019, após uma longa e vitoriosa trajetória de sucesso.
 
Momentos de sua carreira
 
Nascido em Curitiba (PR), no dia 28 de fevereiro de 1953, Levir começou a carreira de jogador no final dos anos 60. À época, ele atuava na categoria infanto-juvenil do Coritiba.

Levir dirigiu grandes equipes do futebol brasileiro, entre elas o Cruzeiro, o São Paulo, o Palmeiras, o Botafogo e o Atlético Paranaense. Em 2011, tornou-se o treinador detentor do recorde de jogos de um comandante estrangeiro na Liga Japonesa. 
 
Além do futebol, Levir também gosta do ramo de restaurantes. Ele mantém dois em Curitiba, um mineiro chamado "Tempero de Minas",  e um japônes com o nome de "Azuki", fora a casa de eventos que leva seu nome, a Casa Culpi. Levir é casado e tem duas filhas, Janaina e Mayra, a primeira é atriz e psicóloga, já a mais nova é veterinária.
 
Em 6 de maio de 2017, Levir foi anunciado como novo técnico do Santos, assumindo o lugar deixado por Dorival Júnior. E em 20 de outubro de 2017 foi anunciada sua demissão pela diretoria do Santos. Algumas horas depois, porém, a mesma diretoria anunciou que mudou de ideia e o readmitiu. Ele permaneceu no cargo por mais oito dias. Em 28 de outubro de 2017, após derrota para o São Paulo por 2 a 1, no Pacaembu, novamente foi demitido do Santos.
 
Pouco tempo depois, no dia 4 de dezembro de 2017, o time japonês Gamba Osaka anunciou a contratação de Levir, que estava sem clube desde que foi demitido pelo Santos.
 
Em 17 de outubro de 2018, o Atlético-MG anunciou o retorno de Levir ao clube, permanecendo até 11 de abril de 2019, quando foi demitido, um dia após a derrota atleticana para o Cerro Porteño, no Paraguai, jogo válido pela Libertadores da América, na fase de grupos.
 
O zagueiro
 
Seu primeiro contrato como jogador profissional foi assinado quando ele defendia o Coritiba, em 1973. Depois, Levir ainda atuou no Santa Cruz _formou dupla de zaga com Lula Pereira_ , Botafogo, Figueirense (SC), Atlante (México), voltou ao Colorado e encerrou a carreira no Juventude (RS).
 
O técnico
 
Na mesma Caxias do Sul, no mesmo Juventude, Levir Culpi iniciaria uma nova etapa na sua vida. Tornou-se treinador, função em que seria definitivamente reconhecido nos anos 90, comandando o Cruzeiro.
 
Com ele, o time mineiro conquistou a Copa do Brasil de 1996 e foi vice do Campeonato Brasileiro de 1998. Em 2000, Levir Culpi trabalhou no São Paulo, campeão paulista daquele ano e vice-campeão da Copa do Brasil.
 
Um de seus piores momentos na carreira de técnico foi quando ele comandou o Palmeiras em 2002. O time alviverde acabou sendo rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. No ano seguinte, Levir ajudou o Botafogo, que também tinha caído, a voltar à divisão de elite do futebol brasileiro.
 
Levir assumiu o Atlético-MG em 2006, ano em que o clube entrou na disputa na Série B do Brasileirão. Levir levou o time atleticano ao título da Segundona. Em 2007, ele comandou o Galo campeão estadual. Aceitou uma proposta do Japão, do Cerezo Osaka, e anunciou sua saída de Belo Horizonte no dia 7 de maio de 2007. Levir é formado em Educação Física pela Faculdade de Ensino Superior de Pernambuco.
 
Em 24 de abril de 2014 foi anunciado como novo treinador do Atlético-MG, um dia depois do clube mineiro demitir Paulo Autuori. Venceu com o Galo a Copa do Brasil de 2014 e o Campeonato Mineiro de 2015. E no 26 de novembro de 2015 anunciou que não permaneceria no comando do Atlético-MG para a temporada de 2016.
 
No dia 4 de março de 2016, o treinador que estava sem clube desde que deixou o Atlético-MG no fim de 2015, acertou as pendências financeiras e fechou acordo com o Fluminense para ser o novo comandante do clube carioca. No começo de novembro, oito meses depois, após uma sequência de tropeços, Levir foi demitido no Flu.
 
Levir comandou o Gamba Osaka, do Japão, de dezembro de 2017 a julho de 2018.
 
 
Clique aqui e veja a entrevista de Levir Culpi concedida aos jornalistas Ednílson Valia, Tufano Silva, Diogo Miloni e Eliana Santos no estúdio do Portal Terceiro Tempo no dia 01 de fevereiro de 2011

Ficha completa do treinador:
Nome: Levir Culpi Data de nascimento: 28/02/1953 Naturalidade: Curitiba-PR Formação acadêmica: graduado em Educação Física pela Fundação de Ensino Superior de Pernambuco (Fespe), em 1977.
Carreira como treinador
1986 - Juventude
1987 - Atlético-PR
1988 - Marcílio Dias e Internacional de Limeira;
1989 - Criciúma 1990 - Criciúma, Internacional-RS e Seleção Sub-20 da Arábia 1991 - Coritiba e Internacional de Limeira
1992 - Criciúma e Ettifaq, da Arábia Saudita
1993 - Paraná 1994 - Guarani e Atlético
1995 - Atlético e Portuguesa
1996 - Cruzeiro
1997 - Cerezo Osaka
1998/99 - Cruzeiro
2000 - São Paulo
2001 - Sport e Atlético
2002 - Atlético e Palmeiras
2003 - Botafogo
2004 - Atlético-PR
2005 - Cruzeiro e São Caetano
2006 - Atlético-MG
2007 - Atlético-MG e Cerezo Osaka (Japão)
2008/11- Cerezo Osaka (Japão)

No dia 05 de agosto de 2018, Levir Culpi participou do Domingo Esportivo Bandeirantes. Confira a entrevista abaixo:

 

Abaixo, confira o sensacional bate-papo entre Levir Culpi e Sicupira, publicado em 20 de fevereiro de 2020:

No vídeo abaixo, de abril de 2020, publicado no Canal do Levir, no programa "Outro lado da bola", Ramirez relembra a Levir Culpi e ao jornalista Adriano Rattmann esta e outras histórias que vivenciou no futebol.

ver mais notícias

Títulos como jogador

Campeão com a seleção brasileira de juniores do Torneio de Cannes, em 1972, na França; Bicampeão paranaense com o Coritiba, em 1972 e 1973;

Campeão pernambucano com o Santa Cruz, em 1975.

Títulos como técnico

Campeão do interior, no Rio Grande do Sul, com o Juventude, em 1986;

Campeão paulista da Série B com a Internacional de Limeira , em 1988; Campeão catarinense com o Criciúma, em 1989;

Campeão paranaense com o Paraná Clube, em 1993;

Campeão mineiro com o Atlético, em 1995;

Campeão mineiro de 1996 e 1998, campeão da Recopa Sulamericana de 1998, campeão da Copa do Brasil de 1998, campeão dos campeões de Minas de 1999 e da Copa Centro-Oeste de 1999, todos pelo Cruzeiro;

Campeão paulista de 2000 pelo São Paulo;

Vice-campeão brasileiro da Série B com o Botafogo, em 2003. Campeão brasileiro da Série B com o Atlético Mineiro, em 2006.

Confira o retrospecto de Levir Culpi no Atlético Mineiro (nas três passagens):

1994 - 31 jogos, 14 vitórias, 08 empates, 09 derrotas; 47 gols a favor e 34 contra

1995 - 32 jogos, 21vitórias, 06 empates, 05 derrotas; 69 gols a favor e 32 contra

2001 - 32 jogos, 18 vitórias, 05 empates, 09 derrotas; 60 gols a favor e 39 contra

2002 - 28 jogos - 11 vitórias, 07 empates, 10 derrotas; 45 gols a favor e 40 contra

2006 - 30 jogos - 17 vitórias, 07 empates, 06 derrotas; 55 gols a favor e 32 contra

2007 - 22 jogos - 12 vitórias, 06 empates, 04 derrotas; 32 gols a favor e 16 contra

Geral - 174 jogos - 92 vitórias, 38 empates, 44 derrotas; 310 gols a favor e 195 contra

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES