Jorge Luis Pinto

Técnico de futebol

Por Roberto Gozzi

Jorge Luis Pinto Afanador, mais conhecido como Jorge Luis Pinto ou apenas Pinto, é um treinador de futebol colombiano. No dia 24 de julho de 2014, o técnico pediu demissão da seleção da Costa Rica, depois de fazer uma ótima Copa do Mundo. 

Luis Pinto nasceu em San Gil, Colômbia, no dia 16 de dezembro de 1952. Desde a época da escola o treinador mostrava seu talento. Tentou ser jogador, queria ser o Falcão, mas logo viu que seu talento era para batalhas táticas, enquanto seus amigos estudavam química e matemática, Luis Pinto devorava os livros sobre futebol e dizia que iria comandar o time do Milionarios.

Pinto formou-se como professor de educação física na faculdade Guanentá, em sua cidade natal. O técnico veio ao Brasil na década de 1970 para se especializar-se, estudou na USP e tornou-se torcedor fanático do Corinthians, acompanhou o título paulista de 1977 no estádio e na época era fã do Palhina. Jorge também estudou na Alemanha, na década de 1980, quando conquistou uma bolsa de estudos e se tornou um especialista em sua área.

Em 1984 ele concretizou sua profecia e assumiu o comando da equipe do Milionarios. Em seguida treinou muitos outros clubes como Santa Fé, Unión Magdalena, Deportivo Cali, Atlético Bucaramanga, Junior Barranquilla e Cúcuta, todos eles da Colômbia, mas também comandou o Alianza Lima do Peru, Alajuelense da Costa Rica, El Nacional do Equador e o Deportivo Táchira da Venezuela.

Em 2004 Luis Pinto teve sua primeira experiência com uma seleção, assumiu a Costa Rica. Durou apenas um ano, mas o técnico amadureceu. Em 2007 assumiu a Colômbia, apesar de ser o time de sua terra natal, Jorge não durou muito tempo no cargo e foi demitido no ano seguinte.

Em 2011 o treinador foi convidado para trainar a Costa Rica novamente, aceitou e montou o time que disputou a Copa do Mundo de 2014. Sua seleção foi considerada carta fora do baralho no Mundial, já que caiu no grudo da morte ao lado de três campeões do mundo.

Luis Pinto e a Costa Rica surpreenderam e venceram Uruguai e Itália nas duas primeiras rodadas, conseguiu a vaga para a próxima fase sem precisar jogar a terceira partida. O empate com a Inglaterra saiu barato para os Europeus.

Na fase seguinte venceu a Grécia nos pênaltis, com isso enfrentou a poderosa Holanda, mas também nos penais, perdeu para a Laranja Mecânica. Marcou história, encheu os costarriquenhos de orgulho e foi embora sem perder um jogo se quer.

Após a Copa o treinador permaneceu no cargo, mesmo sofrendo assédios de variados clubes e seleções.

Foto: UOL

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES