Hitler Fett

Narrador esportivo do interior paulista

O narrador esportivo Hitler Fett morreu em 15 de abril de 2019, aos 81 anos. Ele iniciou sua carreira no rádio rio-pretense, no final da década de 50.

Narrador esportivo na Rádio Difusora Rio Preto, indo posteriormente para a Rádio Rio Preto PRB-8, em 1964, voltou para a Rádio Difusora, transferindo-se depois para a Rádio Independência de Rio Preto, onde trabalhou por 19 anos. Atuou também na Rádio Metropolitana, Rádio Metrópole, Rádio Brasil Novo e Rádio Centro América, todas de Rio Preto. Também prestou seus serviços em diversas emissoras do interior paulista.

Em 1978, durante a Copa do Mundo da Argentina, foi convidado pela Rádio Bandeirantes de São Paulo, para transmitir os jogos dos campeonatos que eram disputados no Brasil enquanto os titulares das equipes estavam em Buenos Aires.

Após a Copa, foi aprovado, mas por motivos particulares, recusou a proposta para ficar na emissora.

Como jornalista, atuou em todos os jornais da cidade, sendo por vários anos, correspondente dos seguintes jornais: Folha de S.Paulo e A Gazeta Esportiva. Também como correspondente atuou na Revista Placar.

Em 1978, recebeu o "Troféu Gandula", das mãos de seu criador, o radialista Wilson Brasil, como o melhor narrador de futebol do interior paulista.
Trabalhou em Rio Preto, ao lado de grandes figuras do rádio, como Egydio Lofrano, Rubens Muanis, Alexandre Ismael, Wilson Guimarães, José de Alencar, José Guerreiro, Nelson Antonio, Mario Luiz, Petrônio de Ávila, J. Hawila, José Luiz Rey e Rogério Assis.

Sobre ele Rogério Assis, o grande narrador da Jovem Pan assim se expressou: "Eu trabalhava no rádio em Votuporanga, e nas transmissões que fazia para São José do Rio Preto, passei a admirar o mestre Hitler Fett, fazendo dele meu ídolo. Saindo de Votuporanga fui trabalhar em Franca e mesmo de lá continuei a admirá-lo. Fiquei eufórico quando recebi dele um convite para trabalharmos juntos na Rádio Metropolitana em Rio Preto. Naquela época aquilo foi a glória, pois iria trabalhar com meu ídolo no rádio. Para mim, nos quatro anos que trabalhamos juntos, foi de sua importância o aprendizado que dele recebi, pois além de um excelente profissional, sempre foi uma pessoa correta e honesta, e sobretudo um colega maravilhoso", relatou Rogério Assis.

Foi casado duas vezes, primeiro com Meyre Carabelli, com quem teve um casal de filhos: Carlos Alex e Agnes Cristina. O segundo matrimônio foi com Lenir Braga da Silva, com quem teve outro casal de filhos: Anne Cristina e Hitler Fernando.

Foi homenageado pela Prefeitura Municipal de Rio Preto, quando em 1994, foi dado a uma praça de esportes o seu nome.
Hitler hoje ainda está em atividade. Ele é o correspondente da Rádio Jovem Pan em Rio Preto, tendo ainda sob sua responsabilidade um programa de esportes na Rádio Metrópole.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES