Cristiane

Atacante da Seleção Brasileira

por Túlio Nassif

Cristiane, a Cristiane Rozeira de Souza Silva, maior artilheira do futebol olímpico entre homens e mulheres, nasceu no dia 15 de maio de 1985, em Osasco, São Paulo. Em 2016, seguia residindo em Paris, na França, onde atua pelo Paris Saint-Germain.

Iniciou a carreira jogando em clubes paulistas considerados pequenos, mas que foram fundamentais para a sua construção como atleta. Passou por São Bernardo-SP e Juventus-SP (de 2005 a 2006), antes de se mudar para a Alemanha, país que impulsionou a sua vida profissional dentro do futebol. Lá, defendeu o FFC Turbine Potsdam (de 2006 a 2007) e o VfL Wolfsburg (em 2007).

Concorreu ao prêmio de melhor jogadora do mundo pela FIFA em 2007 e 2008, ficando ambas em terceiro lugar, prêmio que foi vencido pela colega de seleção Marta.

Em alta, trocou a Alemanha pela Suécia em 2008, tendo acertado na oportunidade com o Linköping FC.

Não ficou muito tempo na equipe sueca e retornou ao Brasil. Teve uma rápida passagem pelo São José-SP e depois pelo Corinthians, antes de se transferir para o Chicago Red Stars, dos Estados Unidos.

Assim que a temporada 2009 da liga de futebol feminino dos Estados Unidos terminou, foi contratada pelo Santos, levando o Alvinegro Praiano a conquista da primeira e segunda Copa Libertadores da América de Futebol Feminino, em 2009 e 2010.

No dia 5 de setembro de 2011, encerrou sua segunda passagem pelo Peixe quando o Rossiyanka, um dos principais times da Rússia, a anunciou como seu grande reforço.

O frio rigoroso da Rússia, fez com que ela aceitasse no dia 31 de agosto de 2012, o convite do São José-SP para atuar até o fim do ano e ajudar o time na Libertadores e nos Jogos Abertos do Interior. Quando o ano terminou, ela fechou contrato com Centro Olímpico, tendo atuado por lá até 20 de agosto de 2015, data em que o Paris Saint-Germain divulgou ter acertado por uma temporada com a atacante.

Seleção Brasileira

Construiu uma bela história com a “camisa amarelinha”. Ela defendeu a Seleção Brasileira desde os 15 anos, quando foi convocada para as categorias de base. Mais da metade de sua vida foi dedicada a representar o seu país. Neste período, conquistou, além das duas medalhas olímpicas de prata em Atenas 2004 e Pequim 2008, o ouro nos Jogos Pan-americanos Rio 2007 e Toronto 2015, o vice-campeonato mundial em 2007 e o campeonato Sul-Americano em 2010.

Os títulos são tão importantes quanto os números pessoais, que além de artilharias e recordes, detém a marca de ser, de forma isolada, a maior artilheira da história dos Jogos Olímpicos. Números estes, quem ela conquistou em Londres 2012 e que, foram valorizados no Rio 2016, ao ampliar a contagem com gols e se tornar a maior artilheira do futebol olímpico, entre homens e mulheres.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES