Cesare Maldini

Ex-líbero do Milan e atualmente treinador
por Marcelo Rozenberg
 
Cesare Maldini, nascido em Trieste, na Itália, em 05 de fevereiro de 1932, foi um grande líbero do Milan nos anos 50 e 60. Participou da histórica decisão do Mundial Interclubes de 1963 contra o Santos. Morreu no dia 3 de abril de 2016, aos 84 anos de idade, de causa não divulgada.

Na última partida, disputada no Maracanã, cometeu o pênalti em Almir que definiu a sorte da competição, já que Dalmo converteu a cobrança que decretou a volta olímpica alvinegra. Atualmente trabalha nas categorias de base do Milan, clube do qual jamais se afastou. Seu filho Paolo Maldini tornou-se um dos maiores ídolos da história do rubro-negro de Milão.

Cesare também é um grande treinador. Dirigiu a seleção da Itália na Copa do Mundo de 1998 e a do Paraguai na de 2002.

Meses antes de disputar a decisão do Mundial de 63, Maldini entrou em campo para decidir a Liga dos Campeões da Uefa contra o Benfica, então do maravilhoso atacante Eusébio. O Milan venceu, levantou sua primeira taça continental em todos os tempos, e proporcionou ao seu líbero e capitão a chance de erguer o troféu no estádio de Wembley. Cesare considera aquele o maior momento de sua carreira de jogador, que havia começado pouco mais de uma década antes no modesto Triestina, de sua cidade natal. No Milan, permaneceu entre 1954 e 1966. Pendurou as chuteiras no Torino.

Como treinador, também teve passagens por Foggia, Ternana, Parma e Milan, além da Seleção Italiana de Juniores.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Ath
    6
  • 2 Atl
    6
  • 3 Grê
    4
  • 4 Atl
    3
  • 5 Spo
    3
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES