Benedito, o Tinho

Ex-meia dos juvenis do SPFC

Benedito Aparecido Bueno, o Tinho, ex-meia das categorias de base do São Paulo nos anos 1970, em 2021, ano em que entrou em contato com a redação do Portal Terceiro Tempo, seguia atuando como empresário em dois segmentos e residindo no bairro de Santo Amaro, Zona Sul de São Paulo-SP.

Nascido na Estância Turística de Embu Das Artes-SP no dia 1º de abril de 1959, Tinho iniciou a sua trajetória futebolística em 1974, jogando nas categorias de base do São Paulo. Meia de extrema técnica, era comparado ao Leivinha, do Palmeiras, e nesta época era reserva do então jovem Muricy Ramalho.

O meia dividia o seu tempo entre os estudos, o emprego com um dos maiores criadores do Jockey Club de São Paulo e os treinos do Tricolor paulista, que aconteciam duas vezes por semana, geralmente às terças e quintas.

Ainda em 1974, foi convocado por Mario Juliatto para um amistoso na cidade de Americana-SP. Lá, o jovem time são-paulino acabou derrotado por 1 a 0. Depois disso, Tinho, que fora escalado no duelo como lateral-direito, acabou sendo dispensado do Tricolor ao lado de outros três colegas.

No ano seguinte, foi tentar a sorte na equipe juvenil do Marília, que à época tinha como técnico o ex-meia Urubatão. Nesta mesma temporada, no entanto, Tinho decidiu desistir do futebol para focar nos estudos e ajudar os pais.

Casado com Sônia Teles de Araújo Bueno, Benedito tem três filhas: Twyla, Tiffany e Thyanne.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES