Arnaldo Cézar Coelho

Ex-árbitro e ex-comentarista

por Marcus Vinicius Dias Magalhães

Árbitro da final da Copa de 1982 e conhecido pelo famoso bordão "a regra é clara", Arnaldo David Cézar Coelho, conhecido apenas como Arnaldo Cézar Coelho, nasceu no dia 15 de janeiro de 1943, no Rio de Janeiro. Após deixar a profissão, formou-se em educação física e se tornou comentarista de arbitragem, pela Rede Globo e SporTV.
 
No dia 20 de novembro de 2018, fez a sua última transmissão como comentarista da TV Globo. Na oportunidade, o Brasil venceu o amistoso diante de Camarões pelo placar de 1 a 0 (gol de Richarlison). Antes de encerrar a transmissão, o companheiro Galvão Bueno o homenageou: "Arnaldo Cezar Coelho, uma vez me pediram para fazer uma frase para definir minha vida. Eu disse `Obrigado, Copa de 1994, muito obrigado por ter cruzado minha vida´. Hoje, eu digo, no finalzinho: Arnaldo, obrigado por ter estado ao meu lado nesses 29 anos. Obrigado mesmo. Vá com Deus, e que Deus te abençoe sempre você e sua família".
 
Arnaldo iniciou a carreira de árbitro aos 16 anos, no início dos anos 60, apitando futebol de praia.

Em 1965, ele ingressou na Federação Carioca de Futebol, promovido logo em seu primeiro ano para apitar o campeonato profissional daquele ano.

Já em 1968, foi convidado para entrar para os quadros da FIFA, permanecendo por 21 anos na Federação. Arnaldo apitou inúmeros jogos e competições importantes, entre elas, duas Copas do Mundo: Argentina, em 1978, e Espanha, em 1982. Na última, ele conseguiu o maior feito de sua carreira, ao ser o árbitro da final entre Alemanha e Itália. Na ocasião, o ex-árbitro brinca que a derrota da inesquecível Seleção Brasileira de 1982 não foi tão sentida por ele, pois se o Brasil chegasse a final, não poderia ter apitado, por ser brasileiro.
 
Arnaldo também apitou em duas Olimpíadas, Montreal, em 1976, e Seul, em 1988, além de quatro campeonatos mundiais de clubes.

Encerrou a carreira em 1989, quando foi convidado para ser comentarista da Rede Globo de Televisão.

O ex-árbitro também comentou sobre arbitragem no canal de TV a cabo SporTV, participando do programa "Bem, Amigos", ao lado do amigo de longa data Galvão Bueno.

Em 2002, Arnaldo lançou livro A Regra é Clara. Aproveitando o bordão que o tornou conhecido nas transmissões globais, a obra reúne histórias, curiosidades, fugas em camburão e muitos xingamentos registrados em mais de 20 anos de carreira como juiz.
 
Em 20 de julho de 2018, em entrevista à Folha de S. Paulo, Arnaldo opinou sobre o VAR (árbitro de vídeo), utilizado oficialmente pela primeira vez durante a Copa da Rússia. Clique aqui e veja a entrevista.

VEJA, ABAIXO, OS MELHORES LANCES DE SÃO PAULO 0 X 1 VASCO, FINAL DO BRASILEIRÃO DE 1989, COM NARRAÇÃO DE GALVÃO BUENO. A PARTIDA, TRANSMITIDA PELA GLOBO, MARCOU A ESTREIA DE ARNALDO CEZAR COELHO COMO COMENTARISTA DA EMISSORA, NO DIA 16 DE DEZEMBRO DAQUELE ANO

 

Abaixo, ouça a participação de Arnaldo Cézar Coelho no "Domingo Esportivo" do dia 25 de fevereiro de 2018: 

No dia 25 de novembro de 2018, Arnaldo Cézar Coelho participou do Domingo Esportivo Bandeirantes e falou sobre o encerramento da carreira como comentaristas. Confira a íntegra abaixo:

 

Clique aqui e leia a belíssima entrevista que Arnaldo Cezar Coelho concedeu ao Portal UOL no dia 24 de junho de 2019

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

Mais lidas

  • Sem notícias nesta categoria
  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    39
  • 2 San
    37
  • 3 Pal
    36
  • 4 Cor
    32
  • 5 São
    31
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES