Tabu corintiano de 11 anos

Tabu corintiano sem vencer o Santos em Campeonatos Paulistas
Por Marcelo Rozenberg e Ednilson Valia


Uma das grandes atrações que o clássico entre Santos e Corinthians reservou entre o final da década de 1950 e praticamente toda a década de 1960 foi o longo tabu sem derrotas para o rival estabelecido pelo time da Vila Belmiro em campeonatos paulistas. O Timão permaneceu de 1957, quando empatou com o Peixe por 3 a 3, até 06 de março de 1968 sem vencer o Santos.

Até desafogar a Fiel, o alvinegro do Parque São Jorge ficou 11 anos ou 22 jogos sem derrotar o time de Pelé.

Na ocasião em que o tabu foi quebrado, o Corinthians jogou com os reforços de Paulo Borges, Bulão e Eduardo. Tinha em seu banco de reservas o técnico Lula, que ironicamente dirigiu o Santos na imensa maioria das partidas em que o alvinegro do Parque não conseguia derrotar o alvinegro das praias.

No primeiro tempo, o jogo terminou sem gols. Mas na etapa final, com grande atuação de Luis Carlos, o Timão venceu por 2 a 0 com gols de Paulo Borges e Flávio.

A torcida comemorou a vitória como se fosse um título. E deixou o Pacaembu cantarolando "um, dois, três, o Santos é freguês".
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    13
  • 2 Atl
    12
  • 3 São
    11
  • 4 San
    10
  • 5 Int
    9
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES