Silas Brindeiro

Atacante

por Túlio Nassif

Silas, o Silas dos Santos Brindeiro, atacante alto e de boa presença de área, nasceu no dia 14 de julho de 1987, em Santarém, Pará. Silas morreu no dia 26 de setembro de 2018, aos 31 anos, após uma longa luta contra a leucemia. Ele era casado e morava em Brasília.

Iniciou sua carreira no interior de São Paulo em 2007, quando defendeu as cores do Mogi Mirim. Ao deixar o Sapão, passou por muitas outras equipes, dentre elas o Vera Cruz-PE, Sete de Setembro-AL, Petrolina-PE e Afogadense-PE, até que acertou sua ida em 2008 para o Trofense, de Portugal. Lá, também jogou por empréstimo pelo GD Ribeirão e após uma rápida transição pelo Brasil em 2009 no Vera Cruz-PE, atuou mais uma vez pelo Trofense.

Foi então que, em 2010, envolvido em uma negociação com o Grasshoppers, deixou Portugal e se mudou para Zurique, na Suiça.

Apesar do pouco tempo, do futebol suíço saiu mais experiente e retornou ao Brasil para assinar com o Náutico. Se transferiu para o Campinense-PB em 2011. No mesmo ano, fechou com o Capivariano-SP, que o emprestou para o Brasiliense-DF, em 2012, Cuiabá-MT, em 2013, e depois para o Guarani, em 2014.

Na pré-temporada de 2015 pelo Capivariano-SP, ao sentir cansaço em excesso, descobriu que estava com leucemia. Deu a volta por cima e após muitas sessões de quimioterapia, venceu a doença e retornou ao futebol. Fez parte do elenco da Penapolense-SP em 2016.

Entretanto, a doença reapareceu e a única solução era um tratamento que só existia em dois hospitais nos Estados Unidos e custava 300 mil dólares. Sem condição de pagar o tratamento e correndo contra o tempo pela sobrevivência, Silas decidiu pedir ajuda pela verba publicamente.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES