Renato de Oliveira

Ex-goleiro do Corinthians, Portuguesa e Botafogo-SP
por Túlio Nassif

Nascido no dia 30 de agosto de 1978, Renato, o Renato de Oliveira do Corinthians, que participou apenas de duas partidas, contra a Seleção de São Roque no dia 10 julho de 1999 e contra a Seleção de Rio Claro, no dia 17 de julho do mesmo ano, ambas vencidas pelo time do Parque São Jorge, respectivamente por três e seis a zero, não sofreu nenhum gol e encerrou sua carreira aos 33 anos de idade. Em 2013, residia em Jaguapitã-PR, sua cidade natal. Lá, é secretário de esportes da cidade.

Começou a carreira muito cedo, nas categorias de base do Corinthians-SP, onde foi campeão da Copa São Paulo de Juniores e campeão paulista em 1999.

Foi Campeão Brasileiro em 1998 e 1999 pelo time paulista, além de atuar pela Seleção Brasileira pré-olímpica, em 2000, sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo. Participou de dois amistosos pela seleção principal, mas, infelizmente, quebrou o pé e não participou das Olimpíadas.

Defendeu também o Atlético-PR (onde foi campeão paranaense), Portuguesa, Internacional, Fortaleza e Bahia, onde viveu um novo drama. Em uma dividida com o atacante Finazzi durante um treinamento, o goleiro rompeu os ligamentos do joelho direito e precisou ficar longe dos gramados por mais seis meses. Tempo suficiente para cair no esquecimento e voltar a morar no interior do Paraná para tentar fazer dinheiro com o que já havia ganho.

A nova chance do goleiro veio em 2005 ao ser levado pelo técnico Paulo César Gusmão para o Cabofriense. Em seguida, passou pelo Santa Cruz-RS, Nacional-PR, São Luiz-RJ e Botafogo de Ribeirão Preto (em 2008 o time subiu com ele para a Série A do Paulistão), ASA de Arapiraca, Icasa e tantos outros clubes.

No inesquecível clássico Palmeiras 2 x 2 Corinthians, naquela briga campal dos times de Paulo Nunes e Edílson, Renato, reserva de Maurício, protagonizou o lance mais "emocionante? da batalha campal.

É ele quem salta do gramado para as escadarias do Morumbi sem antes receber uma "tesoura voadora? do goleiro Marcão, mas "depois ele veio para pedir desculpas, após os ânimos serenados?, recorda.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES