Marcinho

Ex-Corinthians e São Caetano
por Marcus Vinicius Dias Magalhães
 
Nascido no dia 20 de março de 1981, Márcio Miranda Freitas Rocha da Silva, mais conhecido como Marcinho, é natural de Campinas, interior de São Paulo, e desde agosto de 2020 trabalha como auxiliar-técnico do Red Bull Braganitino.
 
O ex-atleta, atuou pelos rivais Corinthians e Palmeiras, mas se destacou mesmo pelo São Caetano.
 
Marcinho começou sua carreira no Paulista de Jundiaí, no ano de 2000. Antes disso, ele jogava pelo juniores da equipe interiorana desde 1996. O talento do jovem atleta chamaria a atenção da comissão técnica da Seleção Brasileira Sub-20, que o convocou para a Copa Lusofonia de 1998, competição essa que contou com todos os paises que têm o português como idioma oficial.
 
Já na equipe profissional de Jundiaí, Marcinho se destacou como um atacante versátil. O atleta foi Campeão Brasileiro da Série C e Paulista da série A2, ambas conquistadas em 2001. Ele seria novamente convocado pela Seleção Sub-20, conquistando o título Sul-Americano daquele ano.
 
O bom desempenho do avante pelo Paulista de Jundiaí despertou interesse do Corinthians. O Timão contrataria o jogador em 2002.
 
Com uma passagem apagada pela equipe do Parque São Jorge, marcando apenas quatro gols em onze partidas disputadas, Marcinho seria negociado pelo São Caetano no ano seguinte.
 
Pelo Azulão, o atacante apresentou um ótimo futebol, ajudando a equipe do ABC a conquistar o maior título de sua história: o Campeonato Paulista de 2004.
 
Não demoraria muito para outro grande time se interessar pelo atleta. Em 2005 Palmeiras anunciou sua contratação.
 
Na ocasião, a equipe do Parque Antártica tinha o famoso ataque dos três "baixinhos?. Além de Marcinho, com seus 1m70 de altura, Juninho Paulista e Pedrinho eram os destaques do Verdão.
 
Com altos e baixos pelo Alvi-verde, ele foi negociado em 2007 com outro Palestra, o de Belo Horizonte. Mesmo sendo Campeão Mineiro pelo Cruzeiro em 2008, Marcinho não conseguiu muitas oportunidades, ficando na Celeste apenas uma temporada.
 
Ainda em 2008, ele seria vendido para o Japão,  para defender as cores do tradicional Kashima Antlers, sendo Campeão Japonês daquele ano.
 
Seu retornou ao Brasil aconteceu em 2009, contratado pelo Atlético Paranaense. Pelo Rubro-negro, o atacante foi campeão regional daquele ano, sendo um dos principais destaques da equipe. Na temporada, ele encerrou com 22 gols em 35 partidas pelo Furacão.
 
Em 2010, Marcinho assinou contrato com o Al-Ahli, equipe da Arábia Saudita. Astro da equipe da cidade de Jeddah, o centroavante conseguiu uma média de 2 gols por partida, em sua primeira temporada.
 
Marcinho vestiu a camisa da Seleção Brasileira profissional em cinco oportunidades. Foram quatro convocações em 2003 e uma em 2005. Ele não balançou as redes pela Amarelinha.
 
Ele foi contratado em 2010 pelo Al-Ahli, equipe da Arábia Saudita e em maio de 2011 voltou ao Brasil para defender as cores do Atlético-PR.
 
Em abril de 2013, o atacante atuou pelo Red Bull na Séria A 2 do Campeonato Paulista, e deixou os gramados no ano seguinte, quando defendia o Ituano-SP.
 
Clique aqui e confira o blog particular de Marcinho
 

 

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES