Luís Fernando Abichabki

Ex-meia do Inter e Timão
por Rogério Micheletti
 
Era apontado por Sócrates como seu sucessor natural no Corinthians, mas a realidade é que Luís Fernando Abichabki, o Luís Fernando, era um bom jogador e não gênio como o Doutor. Trabalhou como auxiliar técnico do Velo Clube Rioclarense até meados de 2017 quando retornou ao futebol árabe, em junho do mesmo ano. Entre idas e vindas, em 2019, Abichabki comemorou oito anos trabalhando no futebol dos Emirados Árabes Unidos. 
 
Hoje, a família do ex-meia do Corinthians, Internacional e Grêmio, tem também residência fixa em São José do Rio Pardo (SP), cidade onde nasceu no dia 1º de março de 1961, e lá é dono da escolinha de futebol "Nando Abichabki".
 
CARREIRA COMO JOGADOR
 
Meia-direita de origem, Luís Fernando disputou 90 partidas com a camisa alvinegra e marcou nove gols (números do "Almanaque do Corinthians", de Celso Unzelte). Como reserva de Sócrates, Luís Fernando fez parte do elenco corintiano bicampeão paulista em 1982 e 1983 (os dois títulos conquistados sobre o São Paulo).

Um dos melhores momentos de Luís Fernando foi defendendo o Internacional de Porto Alegre, em 1984, quando esteve emprestado. No ano seguinte, o Corinthians mexeu nos cofres e fez uma contratação milionária: o zagueiro Hugo De Léon, à época ídolo do Grêmio.
 
Mas o Tricolor não exigiu do Corinthians só dinheiro. O time gaúcho quis também alguns jogadores do Corinthians, entre eles Luís Fernando, que fazia boas partidas pelo rival Internacional. Além de Luís Fernando, o lateral-direito Ronaldo e o ponta Carlinhos também seguiram para o Olímpico.

No time do Olímpico, Luís Fernando Abichabki não foi o mesmo jogador dos tempos de Corinthians e Internacional. Deixou o time gaúcho e defendeu a Ponte Preta, o Coritiba e equipes da Suíça e da Grécia, antes de encerrar a carreira no interior paulista.
 
APÓS DEIXAR OS GRAMADOS
 
Em 2009, César Sampaio, Luís Fernando Abichabki e Eduardo Amorim (que voltou da Grécia depois de ser treinador por lá) abriram uma empresa que revela e negocia jogadores. No mesmo ano, o ex-meia corintiano também foi trabalhar no time sub-17 do Santo André. Mas continua tocando seus negócios em Rio Pardo, paralelamente.

Em junho de 2010, Abichabki deixou o Brasil e tornou-se técnico no Qatar, país dos Emirados Árabes Unidos, para treinar as categorias de base da seleção do Qatar. Esta informação foi nos encaminhada por seu pai, Luizinho Abichabki, ex-ponta direita do São Paulo Futebol Clube, hoje morador em São José do Rio Pardo e professor da Educação física da Faculdade de Ensino Superior de EF de Muzambinho- MG - ESEFM.
ver mais notícias

Pelo Corinthians:

Meia-direita de origem, Luís Fernando disputou 90 partidas com a camisa alvinegra e marcou nove gols (números do "Almanaque do Corinthians", de Celso Unzelte).

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES