Kléber

Ex-lateral-esquerdo do Corinthians, Santos e Inter
por Túlio Nassif

Kléber de Carvalho Corrêa, ou apenas Kléber, ex-lateral-esquerdo, nasceu no dia 1º de abril de 1980, em São Paulo, capital, e criado no bairro de Itaquera. Abandonou os gramados em 2014, pelo Figueirense, após atuar entre 2009 e 2013 pelo Inter-RS.
 
Atualmente trabalha com crianças no Centro de Treinamento KFC, em Itaquera.

Desde pequeno, jogava futebol em peladas na rua e na escola. Logo passou a integrar o time de futsal infantil da Sociedade Esportiva Elite Itaquerense (clube pertencente ao bairro). Após um período, passou na difícil "peneira? do Corinthians e começou a jogar nas categorias de base do time do Parque São Jorge.

Lá, conquistou uma Copa São Paulo de Juniores o que levou a ter oportunidades na equipe principal com o técnico Vanderlei Luxemburgo, em 1998, dando início a sua carreira profissional, já que na época, Sylvinho era o titular e estava de saída para Europa. Com um bom futebol, trilhou um histórico vitorioso, participando de diversos títulos, dentre eles, dois Campeonatos Brasileiros (em 1998 e 1999), um Mundial de Clubes da FIFA (em 2000), uma Copa do Brasil (em 2002) e três Campeonatos Paulistas (em 1999, 2001 e 2003).
 
Os títulos no Timão fizeram justiça às convocações para defender o Brasil, em 2002, com aproximadamente 20 partidas disputadas.

Em 2003, foi negociado com o Hannover 96, da Alemanha, e posteriormente com o Basel, da Suíça e não passou em branco, conquistou o Campeonato Suíço de 2004. Entretanto, estava sumido dos noticiários e isto durou cerca de dois anos, até o Santos ir buscá-lo em 2005 na Europa, para tomar controle da ala esquerda da equipe.

Na Vila Belmiro, Kléber voltou a se destacar com passes perfeitos e cruzamentos na medida. Foi bi-campeão paulista com o Peixe, em 2006 e 2007.

Em alta, foi indicado como um dos três melhores laterais-esquerdos do Campeonato Brasileiro de 2006 pela CBF e conquistou também uma Bola de Prata da Revista Placar, prêmio que voltou a receber no ano seguinte, também como melhor lateral-esquerdo, no Brasileirão 2007.
 
Com a volta da boa forma e da visibilidade, voltou à Seleção Brasileira em 2007, com o técnico Dunga.

Sob o comando do capitão do tetra, conquistou a Copa América de 2007 e a Copa das Confederações de 2009.

Após uma queda de rendimento no Santos e o retorno do ídolo Léo, se transferiu para o Internacional em janeiro de 2009.

No Colorado, conquistou logo em sua chegada, o Campeonato Gaúcho de 2009 e a Copa Suruga Bank de 2009. No ano seguinte, a Copa Libertadores da América de 2010 e a Recopa Sul-Americana de 2011, onde marcou o gol do título. Posteriormente, sagrou-se campeão da Taça Farroupilha de 2010 e dos estaduais de 2011, 2012, 2013.

De volta a Seleção, no Superclássico das Américas de 2011, venceu a Argentina e aumentou seu currículo de títulos.

Apesar dos rumores de que estaria fechando seu ciclo no clube gaúcho, em dezembro de 2012, Kléber renovou com o Colorado por mais um ano. Contudo, uma lesão durante a pré-temporada em 2013, fez com que ficasse afastado por meses, até retornar no dia 15 de maio e recuperar o posto de titular.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES