Iarley

Atacante do Paysandu, Boca, Inter e Timão
por Tufano Silva

Atacante com passagens marcantes por Internacional, Paysandu, Boca Juniors e Ceará, Iarley, o Pedro Iarley Lima Dantas, se aposentou em agosto de 2014, quando atuava pelo Ferroviário-CE, mesmo clube pelo qual iniciou sua carreira profissional.
 
Após se aposentar, Iarley criou uma fábrica de alumínio em Maracanaú, região metropolitana de Fortaleza. A empresa fabrica panelas de pressão, caçarolas e frigideiras.
 
Em 30 de novembro de 2016 foi anunciado como coordenador técnico nas categorias de base do S.C. Internacional.
 
Nascido em Quixeramobim-CE, em 29 de março de 1974, Iarley iniciou sua carreira nas categorias de base do Ferroviário-CE, em 1993. Naquela mesma temporada, foi promovido ao time principal, e em 1994 foi negociado com o Quixadá-CE.
 
De acordo com Leandro Paulo Bernardo, dentista que também escreve sobre futebol, o Paysandu do Piauí (não confundir com o Paysandu do Pará) adquiriu em 1994, por empréstimo ao Ferroviário do Ceará, o jovem atacante Iarley para a disputa da fase final do Campeonato Piauiense. Iarley havia sido o principal destaque do Ferrão na conquista do Campeonato Cearense Sub-20.
 
Em 1995, Iarley se transferiu para o futebol espanhol, quando foi defender o time B do Real Madrid.
 
Ficou na Espanha até 1999, passando também pelas modestas equipes do Ceuta e Melilla.
 
De volta ao Brasil, após uma rápida passagem pelo Uniclinic-CE, foi contratado pelo Ceará, onde sua carreira começou a deslanchar. Após conquistar o Estadual com o Vozão, em 2002, Iarley trocou novamente de clube, indo para o Paysandu, que estava classificado para a Libertadores do ano seguinte.
 
E o Papão da Curuzu e atacante fizeram bonito no torneio continental. Foi o primeiro colocado em sua chave e, nas oitavas-de-final, por pouco não eliminou o temível Boca Juniors. Venceu a primeira partida, em La Bombonera, por 1 a 0, com gol marcado por Iarley. No entanto, no duelo de volta, no Mangueirão, o time argentino triunfou pelo placar de 4 a 2, e eliminou a equipe paraense da competição.
 
A boa atuação rendeu ao jogador a transferência para o Boca Juniors. Na Argentina, Iarley conquistou o Torneio Clausura de 2003, o Mundial de Clubes, atuou em 27 jogos e marcou cinco gols. De lá, foi para o futebol mexicano, defender o Dorados, retornando ao Brasil em 2005, para atuar pelo Inter.

Iarley foi peça fundamental do Colorado campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa, ambos em 2006. Na final contra o poderoso Barcelona, de Ronaldinho Gaúcho, foi ele quem deu o passe para Adriano Gabiru marcar o gol da histórica conquista do clube gaúcho.
 
Foi negociado com o Goiás em 2008, permanecendo por lá até 2010, quando foi transferido para o Corinthians. Depois de uma apagada passagem pelo Parque São Jorge, foi emprestado ao Ceará, retornando, logo depois, ao Goiás, onde ficou até 2012. Em 2013 assinou com o Paysandu para disputar a Série B do Campeonato Brasileiro.

ABAIXO, NA ÍNTEGRA, O PROGRAMA "VELHAS SÚMULAS", DA RÁDIO COLORADA, EXIBIDO EM 16 DE MAIO DE 2020, COM IARLEY

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES