Gabriel Heinze

Ex-zagueiro do Newell’s, Manchester United e Seleção Argentina

por Túlio Nassif

Gabriel Iván Heinze, “El Gringo”, nasceu no dia 19 de abril de 1978, em Crespo, município da província de Entre Ríos, na Argentina. É casado com Florence, com quem tem dois filhos.

Iniciou no futebol na Associação Desportiva e Cultural de Crespo, antes de despontar no Newell’s Old Boys, em 1996. No ano seguinte, foi vendido ao Valladolid, onde jogou até 2001. Ainda com contrato com o clube espanhol, jogou a temporada de 1998/99 emprestado pelo Sporting, de Portugal.

Em 2001 acertou sua transferência para o Saint-Germain, conquistando antes de ser negociado com Manchester United em 2004, a Copa da França de 2003/04. Jogou no clube inglês até 2007, quando foi vendido para o Real Madrid por 12 milhões de euros.

Começou bem no time merengue, venceu o Campeonato Espanhol de 2007/08 e a Supercopa da Espanha de 2008. Entretanto, com a chegada dos jogadores considerados galácticos na metade de 2009, Heinze perdeu espaço na equipe e mais uma vez, foi atuar no futebol francês, precisamente para o Olympique de Marseille. Lá, foi campeão da Copa da Liga Francesa de 2009/10 e 2010/11, do Campeonato Francês de 2009/10 e da Supercopa da França de 2010.

No dia 23 de julho de 2011, a Roma oficializou a contratação do zagueiro por um ano. Ao término desse contrato, retornou à Argentina e foi defender o clube que o revelou.

Seu sonho era de conquistar um título pelo Newell’s antes de deixar o futebol. E não poderia ter sido melhor com conquista do Torneio Clausura de 2013. Continuou jogando e após o final do Campeonato Argentino de 2014, no dia 8 de maio, Heinze encerrou sua carreira.

Pela Seleção Argentina foi campeão dos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004 e disputou duas Copas do Mundo, em 2006 e 2010.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    61
  • 2 Pal
    53
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    44
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES