François Cevert

Ex-piloto de Fórmula 1
por Marcos Júnior Micheletti
 
O piloto francês Albert François Cevert Goldenberg, ou simplesmente Fraçois Cevert, um dos melhores pilotos de sua geração, morreu aos 29 anos, durante o treino de classificação para o Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1, em Watkins Glen, em 6 de outubro de 1973, última etapa da temporada.
 
Cevert nasceu em Paris, no dia 25 de fevereiro de 1944, e estava em sua quarta temporada na Fórmula 1, após estrear com um March-Ford de Ken Tyrrell na quinta etapa do campeonato de 1970, em Zandvoort, na Holanda. Ele não completou a prova, com problemas de motor, após ter largado no meio do pelotão, em 15º.
 
Mesmo com um equipamento limitado, Cevert conseguiu seu primeiro ponto na sexta prova que disputou na F1, em Monza, na Itália. Ele terminou a prova em sexto lugar, época em que apenas os seis primeiros pontuavam na categoria.
 
A primeira vitória aconteceu na temporada seguinte pela Tyrrell, em 1971, no GP dos EUA, em Watkins Glen, na temporada vencida justamente por seu companheiro de equipe, o escocês Jackie Stewart. Ele subiu ao pódio em outras três corridas: França, Alemanha e Itália, e fechou o ano na terceira colocação.
 
Em 1972 o desempenho de Cevert não foi tão bom. mesmo assim ele voltou a subir ao pódio em duas ocasiões: nos GPs da Bélgica e dos EUA. Sua equipe, a Tyrrell, manteve a mesma dupla, com Stewart e Cevert, mas as atenções estavam todas voltadas para o escocês, que travou uma árdua batalha com Emerson Fittipaldi, que acabou vencendo o campeonato daquele ano, aliás, o primeiro de seus dois títulos na F1. Cevert foi o sexto colocado do Mundial.
 
A velocidade de Cevert e seu arrojo chamavam atenção no paddock da F1, mas o francês permaneceu na Tyrrell, e Stewart, generoso, julgava o francês seu sucessor, inclusive já havia estipulado com Ken Tyrrell que abandonaria o automobilismo ao término da temporada de 1973, que acabou vencendo.
 
O acidente fatal de Cevert aconteceu quando o francês perdeu o controle de seu carro buscando uma posição entre os primeiros para o GP norte-americano.
 
A Tyrrell 006 bateu contra o guard-rail, ficou com as rodas para cima e se arrastou sobre o guard-rail do outro lado da pista, degolando o piloto.
 
Nos bastidores, com a saída de Stewart, Cevert, era apontado como um dos favoritos ao campeonato de 1974, cuja disputa foi travada entre Emerson (o campeão, com McLaren), Clay Regazzoni (Ferrari) e Jody Scheckter (Tyrrell).
 
A França, que lamentou muito a morte de seu potencial piloto campeão, somente comemorou um título na Fórmula 1 após 12 anos, em 1985, quando Alain Prost venceu o primeiro de seus quatro títulos na elite do automobilismo.
 
Versátil, Cevert também competiu com carros de turismo, e chegou a vencer uma importante corrida, os 1000 Quilômetros de Paris, em Montlhery, França, em 1970, formando dupla com o lendário Jack Brabham.
 
Sua irmã, Jacqueline, foi casada com outro piloto, o também francês Jean-Pierre Beltoise, falecido em 5 de janeiro de 2015.
ver mais notícias

Pela Fórmula 1:

Participou de 46 GPs, tendo vencido uma corrida, o GP dos Estados Unidos de 1972, com Tyrrell-Ford

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES