Ferrari

Ex-lateral do Palmeiras e Guarani

Ótimo lateral-esquerdo do Palmeiras e do Guarani, nos anos 60, morreu em 15 de julho de 2016, aos 79 anos. Ele morava em Campinas, interior de São Paulo.

Ele fez parte do primeira Academia de Futebol da Sociedade Esportiva Palmeiras, criada pelo "Magnifíco Reitor" Ernesto Filpo Nuñez. Ferrari, que jogou também de lateral-direito e ponta-direita, foi o sucessor de Geraldo Scotto na lateral-esquerda esmeraldina.
 
No Verdão, foram 293 jogos (171 vitórias, 65 empates, 57 derrotas), seis gols marcados e cinco títulos conquistados: Roberto Gomes Pedrosa (1967), Taça Brasil (1967), Rio-São Paulo (1965), Paulista (1963/66).
 
Por meses, defendeu também o Comercial de Ribeirão Preto e o Paulista de Jundiaí, onde encerrou a carreira.
 
Estava aposentado como funcionário da multinacional Bosh, grande empresa alemã sediada em Campinas (SP), e residia na bela "Cidade das Andorinhas" (apelido de Campinas), onde se aposentou também como funcionário público da Prefeitura Municipal.
 
Segundo seu grande amigo Djalma Santos, também falecido, o apelido de Ferrari era "Bruxa".
ver mais notícias
ver mais Áudio

Pelo Palmeiras:

No Verdão, foram 293 jogos (171 vitórias, 65 empates, 57 derrotas), seis gols marcados e cinco títulos conquistados: Roberto Gomes Pedrosa (1967), Taça Brasil (1967), Rio-São Paulo (1965), Paulista (1963/66).

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    13
  • 2 Atl
    12
  • 3 São
    11
  • 4 San
    10
  • 5 Int
    9
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES