Denilson

Ex-volante do Fluminense e da Seleção Brasileira
por Gustavo Grohmnann
 
Ótimo volante do Fluminense, Campeão Carioca em 1964 e da Taça de Prata de 1970, pelo Flu, Denílson, o Denílson Custódio Machado, que também esteve na Seleção Brasileira na Copa de 1966 na Inglaterra, mora no Rio de Janeiro e revela novos valores para o futebol nacional.
 
O saudoso Nélson Rodrigues, ao lado de Jorge Cury e Waldir Amaral, apelidou o ex-volante do Fluminense carioca de "Rei Zulu".
 
Defendeu o Tricolor Carioca entre 1964 e 1973, após ter começado sua carreira pelo Madureira, onde jogou entre 1961 e 1963). 
 
Depois do Flu atuou pelo Rio Negro de Manaus e Vitória-BA, seu último clube, onde jogou até 1975 e pelo qual foi trenador, entre 1976 e 1977.
 
Carioca de Campos dos Goytacazes, nascido em 28 de março de 1943, Denílson foi um dos 47 jogadores convocados, pelo técnico Vicente Feola, para o período de treinamento que visava conquistar a Copa da Inglaterra e, consequentemente, o tricampeonato mundial de futebol. Infelizmente deu tudo errado.
 
Os 47 jogadores convocados, devido a forte pressão dos dirigentes dos clubes, para o período de treinamento em Serra Negra-SP e Caxambu-MG como preparação para a Copa de 66, na Inglaterra, foram: Fábio ? São Paulo, Gylmar ? Santos, Manga ? Botafogo, Ubirajara Mota ? Bangu e Valdir ? Palmeiras (goleiros); Carlos Alberto Torres ? Santos, Djalma Santos ? Palmeiras, Fidélis ? Bangu, Murilo ? Flamengo, Édson Cegonha ? Corinthians, Paulo Henrique ? Flamengo e Rildo ? Botafogo (laterais); Altair ? Fluminense, Bellini ? São Paulo, Brito ? Vasco, Ditão ? Flamengo, Djalma Dias ? Palmeiras, Fontana ? Vasco, Leônidas ? América/RJ, Orlando Peçanha ? Santos e Roberto Dias ? São Paulo (zagueiros); Denílson ? Fluminense, Dino Sani ? Corinthians, Dudu ? Palmeiras, Edu ? Santos, Fefeu ? São Paulo, Gérson ? Botafogo, Lima ? Santos, Oldair ? Vasco e Zito ? Santos (apoiadores); Alcindo ? Grêmio, Amarildo ? Milan, Célio ? Vasco, Flávio ? Corinthians, Garrincha ? Corinthians, Ivair ? Portuguesa de Desportos, Jair da Costa ? Inter de Milão, Jairzinho ? Botafogo, Nado-Náutico, Parada ? Botafogo, Paraná ? São Paulo, Paulo Borges ? Bangu, Pelé ? Santos, Servílio ? Palmeiras, Rinaldo ? Palmeiras, Silva ? Flamengo e Tostão ? Cruzeiro (atacantes).
Dos 47 convocados por Vicente Feola, para esse infeliz período de treinamentos, acabaram viajando para a Inglaterra os seguintes 22 "sobreviventes": Gylmar e Manga (goleiros); Djalma Santos, Fidélis, Paulo Henrique e Rildo (laterais); Bellini, Altair, Brito e Orlando Peçanha (zagueiros); Denílson, Lima, Gérson e Zito (apoiadores); Garrincha, Edu, Alcindo, Pelé, Jairzinho, Silva, Tostão e Paraná (atacantes).

Ainda sobre o jogador Denílson, o internauta Fernando Zappa enviou o seguinte e-mail:
De: Fernando Zappa [mailto:maculeba@hotmail.com]
Enviada em: sábado, 12 de julho de 2008 04:17
Assunto: miltonneves@terceirotempo.com.br
Assunto: Arranca Denilson, o Rei Zulu, o Cacique de Ramos!
Milton, em seu irrepreensível acervo, no espaço Denilson (ex-Fluminense) fizestes uma referência muito interessante ao citar como era chamado o fantástico médio volante que no futebol de hoje estaria milionário como "Rei Zulu" e logo lembrei-me, que o negão por ser integrante de um bloco carnavalesco intitulado Cacique de Ramos, inspirou o saudoso narrador Waldir Amaral (tem peixe na rede!) que durante às transmissões além de Rei Zulu, também o chamasse de Cacique de Ramos, referindo o jogador a agremiação e foi o mesmo criativo Waldir, quem inseriu ao nome do atacante vascaino Roberto, o adendo "Dinamite" como é conhecido até hoje.
Rei Zulu foi uma criação só do Nelson e não da dupla, mas coube ao saudoso Jorge Cury, a denominação de "Cobra Classe A" para o genial Dirceu Lopes e "Imperador" para Jairzinho; já a expressão "Furacão da Copa" é de autoria unicamente do Waldir.
Milton, dei uma olhada na lista de convocados de 1966 e fiquei extasiado com tantas feras conjuntadas em um só grupo. O pior dos 47 relacionados na absurda lista seria titular hoje em qualquer time do mundo.
Ali brincando, era possível formar três ou até quatro seleções e disputar o título com qualquer uma delas e mesmo assim perdemos a Copa... O curioso irmão, é que os mesmos jogadores, quatro anos depois formariam um time inesquecível e seriam campeões do Mundo. Coisas do sobrenatural de Almeida...
ver mais notícias
Pela Seleção Brasileira:

Atuou em 12 jogos, sendo dez vitórias e duas derrotas. Marcou três gols.
Fonte: "Seleção Brasileira - 90 Anos -1914 - 2004", de Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES