Clodoaldo

Ex-volante do Santos Futebol Clube
Clodoaldo Tavares Santana, o Clodoaldo, ex-volante do Santos e da Seleção Brasileira, nascido no dia 25 de setembro de 1949, em Aracajú-SE, é casado desde 1974, tem duas filhas e um neto.

"Meu neto, o Víctor, joga muito e será muito melhor do que eu", aposta o inesquecível camisa 5 do Santos FC e da Seleção Brasileira de 1968, 69 e 70.

Ele, que sempre trabalhou como corretor de imóveis de alto padrão na Baixada Santista, atualmente tem uma imobiliária em Santos.

"Corró", apelido dado ainda na infância, começou a brilhar cedo no time profissional santista. Foi promovido com a difícil missão de substituir Zito, uma lenda viva na história do clube. Não decepcionou.

Mesmo com 17 anos, Clodoaldo já mostrava personalidade. Parecia um adulto no meio de feras como Pelé, Carlos Alberto Torres, Gilmar dos Santos Neves, Toninho Guerreiro, entre outros.

Ele foi o volante titular do Brasil na inesquecível conquista do México em 70. Encerrou a carreira em 1979 ainda novo, aos 29 anos, depois de seguidos problemas no joelho. Pelo Peixe, Clodoaldo fez 510 partidas e conquistou os Paulistas de 67, 68, 69, 73 e 78, o Robertão de 68, e as Recopas Sul-americana e Mundial de 68.

Na Copa do Tri, Clodoaldo fez o gol mais importante da caminhada vitoriosa do esquedrão de Zagallo ao empatar o duríssimo jogo semifinal contra o Uruguai, oas 45 do primeiro tempo, em Guadalajara. Estava 1 a 0 para os uruguaios e o Brasil acabou vencendo por 3 a 1, classificando-se para a decisão contra a Itália. E na final, deu Brasil 4 a 1. Mas o jogo contra o Uruguai é dito pela maioria dos jogadores daquela seleção como o mais difícil da Copa. Pela seleção brasileira _segundo números do livro "Seleção Brasileira 90 anos", de Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf, Clodoaldo fez 51 jogos (39 vitórias, 10 empates, duas derrotas) e marcou três gols.
 
Abaixo, ouça a participação de Clodoaldo no "Domingo Esportivo" do dia 18 de fevereiro de 2018:
 
 

Acompanhe abaixo momentos da campanha do Santos FC no título do Robertão de 1968, num trabalho feito por Wesley Miranda, da ASSOPHIS (Associação dos Pesquisadores e Historiadores do Santos FC).

ver mais notícias
ver mais Áudio

Pela Seleção Brasileira:

Pela seleção brasileira _segundo números do livro "Seleção Brasileira 90 anos", de Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf, Clodoaldo fez 51 jogos (39 vitórias, 10 empates, duas derrotas) e marcou três gols.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES