Celso Torino

Ex-goleiro do Taubaté e Estrela de Piquete

por Marcelo Rozenberg

Nascido em 1940 em São José do Barreiro, interior paulista, Celso Torino foi goleiro com passagens importantes por Taubaté e Estrela de Piquete.

Começou a jogar aos 13 anos no juvenil do Vasquinho, de Taubaté. No ano seguinte, transferiu-se para o Comercial, tido então como trampolim para o juvenil do Esporte Clube Taubaté. Em 1957 conseguiu realizar o sonho de vestir a camisa do "burro da central?. Foi tão bem que o técnico Jorge Viera, então no América do Rio de Janeiro, o convidou para um período de experiência na base do clube. Após parar com o futebol em 1973 no Estrela de Piquete, passou a participar de diversas atividades ligadas ao futebol em clubes, além de ter trabalhado na fábrica IMBEL e na antiga fábrica Presidente.

Torino relembra histórias de sua passagem pelo futebol até hoje. Em 1954, por exemplo, atuou ao lado de Zito. Cinco anos depois, disputou o Campeonato Paulista pelo Taubaté. Ficou no banco de reservas várias vezes, uma delas contra o Corinthians no Parque São Jorge. "Neste dia, por sinal, tive a chance de conhecer meu grande ídolo, Gilmar dos Santos Neves".

Na seqüência da carreira, Torino foi indicado para se transferir para o Esporte Clube Estrela, de Piquete, que disputava a segunda divisão. Em 1961, o clube foi campeão da série "Leão do Norte?.

Entre os amigos que fez em seus tempos de bola, o ex-goleiro ressalta Daniel, central que jogou com Pelé em 1959 na Seleção do Exército, o quarto zagueiro Giba, que veio do Ypiranga de São Paulo, e Eli, um dos maiores artilheiros da história do Estrela e do futebol do Vale do Paraíba.

Ainda sobre Celso Torino, a redação do Portal Terceiro Tempo recebeu do próprio em outubro de 2018 os recortes abaixo:

 

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES