Cabinho

Ex-centroavante da Lusa
Evanildo Castro Silva, o Cabinho, ex-centroavante da Portuguesa de Desportos e de equipes do futebol mexicano (é o maior artilheiro da história da Primeira Divisão Mexicana, com 312 gols marcados), atualmente está aposentado e reside em Salvador (BA), mesma cidade em que nasceu, no dia 28 de abril de 1949.
 
Cabinho foi autor de um gol polêmico em 1973 na decisão do Paulistão contra o Santos que acabou sendo anulado pelo ex-árbitro Armando Marques. 

A partida terminou empatada sem gols e a decisão ocorreu na disputa por pênaltis, em que Armando Marques errou a contagem e decretou o Santos campeão.
 
No entanto, diante de seu erro, obrigou a Federação Paulista de Futebol a declarar as duas equipes campeãs dias depois. 
 
Depois que parou com o futebol, Cabinho tornou-se treinador de futebol e empresário de atletas. Em meados de 2007, retornou ao Brasil após muitos anos residindo no México para dirigir o Coxim, equipe do Mato Grosso. Alardeia ter sido responsável pela revelação de Edilson, o "Capetinha".
 
Cabinho começou sua carreira no interior paulista, pelo América de Rio Preto, em 1968. Passou por Flamengo, Portuguesa de Desportos, Atlético-MG, novamente Portuguesa de Desportos e depois militou no futebol mexicano por quatro equipes: Pumas, Atlante, León e Tigres. 
 
 
 

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES