Babá

Ex-ponta-esquerda do Flamengo
Ótimo ponta-esquerda baixinho do Flamengo entre os anos de 1954 e 1958, Mário Braga Gadelha, o Babá, morreu no dia 8 de abril de 2010, após ser submetido a uma cirurgia no coração. Ele foi velado e enterrado na cidade de Caucaia, no Ceará, onde morava.

Nascido no dia 24 de abril de 1934, em Aracati (CE), Babá formou um ótimo ataque rubro-negro ao lado dos inesquecíveis Gérson, Joel, Henrique Frade e Dida. Alguns craques que também foram companheiros de Babá no Fla foram Jadir, Jordan, Fernando, Dequinha, Carlinhos e etc.

Babá começou a ganhar espaço no time rubro-negro após a saída de Zagallo, em 1958, para o Botafogo.Um pouco mais tarde, surgiria também o saudoso Germano, já falecido, irmão de Fio Maravilha, que hoje entrega pizzas em São Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Natural, portanto, de Aracati (CE), ele começou no Ceará Sporting Club, foi para o Flamengo, defendeu a UNAN (Universidade Autônoma Nacional) do México de 1961 a 67 e voltou ao Ceará em 1968, quando parou.

Aposentado da Petrobrás, Babá deixou três filhos (um filho gêmeo morreu em um acidente de trânsito) e oito netos.
 
Legenda da foto: Gérson e Babá, que foram craques inesquecíveis para a torcida rubro-negra.
ver mais notícias
Pelo Fla, onde ficou de 1954 a 60, Babá atuou em 295 partidas (174 vitórias, 49 empates, 72 derrotas) e marcou 87 gols.

Fontes: "Almanaque do Flamengo" (Roberto Assaf e Clóvis Martins) e Mario Cascaes Gadelha

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    58
  • 2 Pal
    50
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    43
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES