Almir

Ex-volante do São Paulo e Coritiba
por Rogério Micheletti
 
Almir, o Almir José Gil, pai dois filhos (Fernando Cesar da Silva Gil e Ana Carolina da Silva Gil), ex-volante do São Paulo no final da década de 70 e início dos anos 80, mora em Florianópolis (SC), onde tornou-se treinador. Foi auxliar técnico do Figueirense e professor da escolinha de futebol do clube catarinense. Também é formado desde 1976 em Educação Física.

Almir é de uma família de craques. É irmão do ex-gremista Tonho e do ex-corintiano Sérgio Gil, que morreu em acidente de automóvel na BR-116, em 1989, quando seu Escort XR-3 bateu de frente em uma carreta no município de Registro (SP).

Além do São Paulo _onde jogou 193 jogos (109 vitórias, 43 empates e 41 derrotas) e marcou dois gols_, segundo números do "Almanaque do São Paulo, de Alexandre da Costa, Almir defendeu outras equipes do futebol brasileiro, entre elas o Figueirense (onde começou em 1972), Avaí, Portuguesa e o Coritiba (campeão brasileiro em 1985). Parou com a bola em 1989.

No Coxa Branca, Almir autou ao lado de Rafael Cammarota, Vavá, Gomes, Heraldo, Dida, Toby, Marco Aurélio, Lela, Índio, Édson (que atuou no Cruzeiro) e companhia, no time que era treinado por Ênio Andrade.

O ex-volante costuma participar todos os anos da festa realizada pelo São Paulo Futebol Clube aos seus ex-jogadores. Mais de trezentos atletas costumam participar do evento no CCT do Tricolor.
ver mais notícias

Pelo São Paulo:

Atuou em 193 jogos, sendo 109 vitórias, 43 empates e 41 derrotas).Marcou dois gols.
Fonte: Almanaque do São Paulo, de Alexandre da Costa.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES