Adu Celso

Ex-piloto do Mundial de Motovelocidade
Nacido em 7 de agosto de 1945,  Eduardo Celso Santos, o Adu Celso, morreu no dia 6 de fevereiro de 2005, domingo de carnaval, vítima de um ataque cardíaco. Adu Celso, com seu corte de cabelo parecido com o dos Beatles, foi um ícone da história do esporte do Brasil, contemporâneo de Emerson Fittipaldi e Mequinho, enxadrista.

Eu, Milton Neves, conheci bem Adu Celso, já aposentado. Empresário ligado a loteamentos em Juqueí-SP, Adu morava mesmo era em sua esplêndida cobertura do Edifício Seven Seas, na Ilha Porchat, em São Vicente-SP. Hoje a cobertura pertence ao advogado e apresentador de televisão Dennis Munhoz.

Ali, a vista é indescritível, e a cobertura chegou a ser alugada em 1992 por Adu Celso para Francisco Munhoz, pai do ex-presidente da Rede Record de Televisão, o advogado Dennys Benaglia Munhoz. Sei disso, porque, também como morador de temporada no mesmo edifício, convivi com o "seo? Chico e com o maravilhoso anfitrião que era Adu Celso. Em seu apartamento de cobertura, fizemos vários churrascos e reuniões de amigos, quando Adu contava, feliz, detalhes e momentos de sua brilhante carreira no motociclismo.

Foi o primeiro brasileiro a correr e a vencer no Mundial de Motovelocidade, exatamente 20 anos antes de Alexandre Barros. Adu Celso morreu de infarto aos 59 anos, em Juqueí (SP). Adu era um piloto diferente para sua época. Misterioso, costumava correr de preto e usava a Cruz de Lorena no capacete, um símbolo adotado por Godofredo de Bouillon, duque de Lorena, em 1099, quando tomou posse de Jerusalém.

Partiu para a Europa aos 24 anos, em 1970, para viver na Holanda. Corria inscrito pela federação local, porque a Confederação Brasileira não era filiada à Federação Internacional de Motociclismo. Seu apelido era "índio brasileiro?, por causa dos cabelos longos, lisos e negros.

Adu disputou o Mundial das 250cc em 1972 e no ano seguinte nas 350cc, ganhou o GP da Espanha.
 
Ainda competiu com carros, incluindo a Fórmula VW 1600, após deixar sua carreira no motociclismo.
 
Nos últimos tempos, Adu trabalhava com empreendimentos imobiliários e morava em São Vicente.

Fonte Diário Lance!
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES